imagem google

Paulo Skaf pede maior sinergia entre governos e iniciativa privada

Presidente da Fiesp reafirma que a união de esforços nos projetos beneficiará toda sociedade

Dulce Moraes, Agência Indusnet Fiesp

Durante o Construbusiness 2012 – 10º Congresso Brasileiro da Construção, realizado pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) na manhã desta segunda-feira (03/12), o presidente da entidade, Paulo Skaf agradeceu e elogiou a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, representando a presidente Dilma Rousseff. “É a manifestação clara da importância que o governo federal dá a cadeia da construção civil”, disse.

10º Construbusiness - Paulo Skaf. Foto: Everton Amaro

Paulo Skaf: 'É fundamental essa integração entre os governos federal, estadual e municipal nos diversos programas'. Foto: Everton Amaro

Skaf pediu a Michel Temer que transmitisse à presidente Dilma que o setor produtivo precisa do contínuo apoio que vem sendo dado à cadeia da construção civil, que representa 10% do PIB. “Já está claro que ela é tão importante ao emprego, pela participação do PIB, para a formação de mão de obra para dar oportunidades às pessoas”, sublinhou.

Ao ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, Skaf também ratificou total apoio da Fiesp a todos os projetos que vem sendo realizados nas áreas de saneamento, pavimentação, melhoria da mobilidade urbana, entre outros.

Skaf ressaltou que é gratificante para a Fiesp contribuir com esses projetos que não só propiciam a geração de emprego como trazem benefícios para a economia e o crescimento do país.

“Se a cadeia da construção não cresce, o PIB não cresce. Na construção, na habitação e na infraestrutura, se não tem crescimento, a influência é tão grande que afeta o crescimento do país, bem como a geração de emprego”, salientou Skaf, que ainda destacou: “Além disso, é importante darmos mais conforto às pessoas e ajudá-las no sonho de terem sua casa”.

União é força

Agradecendo a presença do secretário estadual da habitação, Silvio Torres, que representou no evento o governador Geraldo Alckmin, Paulo Skaf afirmou que é fundamental essa integração entre os governos federal, estadual e municipal nos diversos programas. “Que haja entrelaçamento de todos os programas buscando a maior sinergia possível, a sinergia que resolve problemas lá no final.”

Segundo o presidente da Fiesp, não adianta só o debate. “O bom é sairmos do debate, do diagnóstico, dos problemas para as soluções, perseguirmos até elas serem alcançadas”, enfatizou.

Skaf elogiou o diálogo que vem sendo proposto no Construbusiness, com o apoio de várias entidades. “Temos que continuar desse jeito, pois tem dado certo. A palavra união é uma palavra mágica. União dá a força e, graças a Deus, nós usamos a força para o bem. Para o bem das pessoas, para o bem do País, para o bem do nosso Estado”, concluiu.