imagem google
Início do conteúdo

Parapan-Americano começa e conta com 15 atletas do Sesi-SP

Verônica Hipólito, do atletismo, é um dos destaques da equipe

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

A partir desta sexta-feira (7/8), as atenções voltam-se para o Canadá, agora com os Jogos Parapan-Americanos de Toronto 2015. Durante oito dias, 15 atletas do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) farão parte da delegação brasileira em quatro modalidades. Convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), o país será representado por 270 atletas ao todo (175 homens e 95 mulheres). Os atletas vão competir em quinze modalidades, de olho nos Jogos Paralímpicos Rio 2016.

Maior equipe do país em número de competidores convocados, o Sesi-SP terá em Toronto atletas consagrados como Verônica Hipólito, do atletismo, que conquistou o ouro nos 200 metros e a prata nos 100 metros e 400 metros no Grand Prix de Berlim, na Alemanha, no final de junho.

A delegação de atletas do Sesi-SP conta ainda com cinco jogadores do goalball, um de bocha, oito competidores no voleibol sentado e o técnico do goalball, Diego Gonçalvez Colletes. Membro da comissão técnica da seleção brasileira desde 2002 e presente nos Jogos de Atenas, Pequim, vice campeão em Londres e campeão mundial de goalball na Finlândia.

No Sesi-SP desde 2009, as modalidades de rendimento esportivo paralímpico promovem a inclusão de pessoas com deficiência por meio do esporte. O voleibol sentado foi a primeira atividade, iniciada na cidade de Suzano. Desde 2011 a unidade investe em bocha paralímpica, futebol de sete para paralisados cerebrais e atletismo para cadeirantes. Com o avanço do projeto, outras unidades do Sesi-SP passaram a receber as modalidades adaptadas. Santo André desenvolve o atletismo e Mogi das Cruzes o goalball masculino e feminino para deficientes visuais.

Com os resultados do projeto dentro e fora do Brasil, o Sesi-SP conta com 90 atletas distribuídos em cinco modalidades.

Cronograma (horário de Brasília)
Atletismo (Verônica Hipólito)
10/8 – 19h54 – 100 metros rasos
12/8 – 20h05 – salto em distância
13/8 – 17h05 – 200 metros rasos
14/8 – 19h44 – 400 metros rasos

Bocha (Guilherme Germano Moraes)
8/8 – 10h30 às 15h45 – Preliminares de finais de equipes
9/9 – 11h às 16h45 – Preliminares individuais
10/8 – 10h às 16h45 – Preliminares e quartas de finais individual
11/8 – 11h às 15h45 – Semifinal e Final

Goalball Masculino (Alex de Melo Sousa e Josemarcio da Silva Sousa)
8/8 – 12h35 – Brasil x Argentina
9/8 – 11h20 – Brasil x Porto Rico
10/8 – 10h05 – Brasil x EUA
11/8 – 13h50 – Brasil x Venezuela
12/8 – 15h05 – Brasil x Canadá
14/8 – 14h e 15h – Semifinal
15/8 – 11h Disputa do bronze e 12h30 Disputa do ouro

Goalball Feminino (Ana Carolina Custodio, Gleyse Priscila Portioli e Simone Camargo Rocha)
8/8 – 16h20 – Brasil x Canadá
9/8 – 12h35 – Brasil x El Salvador
10/8 – 13h50 – Brasil x EUA
11/8 – 12h35 – Brasil x Nicarágua
12/8 – 11h20 – Brasil x Guatemala
14/8 – 11h e 12h35 – Semifinal
14/8 – 19h05 Disputa do bronze e 20h35 Disputa do ouro

Vôlei Sentado Masculino (Fabricio da Silva Pinto)
8/8 – 20h05 – Brasil x México
9/8 – 18h05 – Brasil x Canadá
10/8 – 10h05 – Brasil x Costa Rica
11/8 – 10h05 – Brasil x Colômbia
12/8 – 20h05 – Brasil x EUA
13/8 – 12h e 18h – Semifinal
14/8 – 12h05 Disputa do bronze e 20h05 Disputa do ouro

Vôlei Sentado Feminino (Andressa Luiza Santos, Edwarda de Oliveira Dias, Gilvania José de Lima, Gizele Maria da Costa Dias, Janaina Petit Cunha, Nathalie Filomena de Lima e Suellen Cristine Dellangelica Lima)
9/8 – 12h05 – Brasil x Cuba
10/8 – 18h – Brasil x Canadá
11/8 – 20h – Brasil x EUA
13/8 – 14h e 20h – Semifinal
14/8 – 14h Disputa do bronze e 18h Disputa do ouro