imagem google
Início do conteúdo

Benjamin Steinbruch: ‘só por milagre’ economia pode apresentar crescimento virtuoso

Entre os entraves ao rápido crescimento, ele aponta as incertezas sobre o fornecimento de energia e das novas concessões de serviços públicos e a elevação das taxas de juros

Agência Indusnet Fiesp 

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537617311Nesta terça (11/03) o primeiro vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Benjamin Steinbruch, faz sua aposta de que, muito dificilmente, a economia voltará tão cedo a apresentar um ritmo de crescimento virtuoso. Segundo ele: “só por milagre”.

O empresário contesta a visão de alguns analistas de que a principal causa para esse baixo e lento e crescimento é a volta da ênfase na exportação de produtos primários. “Certamente a “reprimarização” não é a única razão do baixo crescimento – há outras, entre elas a forte tendência de adoção de medidas conservadoras na condução da política econômica”, afirma.

Steinbruch cita, no artigo, outros entraves para a aceleração e crescimento da economia. “Há incertezas sobre o fornecimento de energia e sobre novas concessões de serviços públicos; o Banco Central espera um crescimento do crédito inferior aos 15% de 2013, já que a taxa básica de juros foi elevada para 10,75% e poderá subir para 11% dentro de um mês”. 

Para ler o artigo na íntegra, acesse o site do jornal Folha de S.Paulo.