imagem google

Obesidade infantil é tema do programa +Saúde, da Fiesp

Orientação ficou a cargo de médicos e nutricionistas voluntários da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

Agência Indusnet Fiesp

A 6ª edição do programa +Saúde, da Fiesp, realizada neste domingo (2 de julho), teve como tema a obesidade infantil, um problema sério que está crescendo a cada dia no Brasil. A ação ocorreu na calçada da Fiesp, na avenida Paulista.

Durante três horas, endocrinologistas pediátricos e nutricionistas da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia Regional São Paulo (SBEM-SP) deram orientação sobre os cuidados com a alimentação para evitar a obesidade infantil, um problema de saúde pública que hoje atinge cerca de 15% das crianças brasileiras. Só no Sudeste, a incidência de obesidade entre crianças de 5 a 9 anos é de 38,8%, de acordo com dados da Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica).

Os voluntários também distribuíram material explicativo e checaram o índice de massa corporal (IMC) e circunferência abdominal dos participantes mirins.

O principal objetivo do evento é levar informação adequada, direcionar as pessoas para serviços de saúde e evitar que tantos problemas relacionados à obesidade infantil ocorram.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1539687934

Endocrinologistas pediátricos e nutricionistas da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia participaram do +Saúde. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp



Sobre o programa

A ação é uma iniciativa do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia da Fiesp (ComSaude), que tem como objetivo promover campanhas de educação e conscientização com entidades ligadas ao comitê, que têm como foco de suas atividades a atenção ao paciente.

O serviço de utilidade pública acontece no primeiro domingo de cada mês na calçada em frente à Fiesp, sempre após a apresentação cultural promovida pela Fiesp e pelo Sesi-SP. Durante o ano, serão trabalhados diferentes assuntos importantes relacionados à saúde que são pauta contínua de discussão, como o diabetes e a doação de órgãos, por exemplo.

O +Saúde conta com a participação de parceiros que representam instituições sem fins lucrativos, sociedades de profissionais da saúde, entidades setoriais, hospitais, profissionais da saúde e empresas do setor.

“Esta ação demonstra o compromisso da Fiesp com a saúde da população, priorizando a informação e a educação como formas de melhoria da saúde. O objetivo do ComSaude é fazer com que os domingos na Paulista sejam não só um espaço para o lazer, mas também um ambiente de orientação e conscientização do cidadão, que passa a entender que a prevenção é o melhor caminho para uma vida saudável”, explica Ruy Baumer, coordenador-titular do ComSaude.

Sobre a SBEM-SP

A SBEM-SP (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia do Estado de São Paulo) pratica a defesa da Endocrinologia, em conjunto com outras entidades médicas, e oferece aos seus associados oportunidades de aprimoramento técnico e científico. Consciente de sua responsabilidade social, a SBEM-SP presta consultoria junto à Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, no desenvolvimento de estratégias de atendimento e na padronização de procedimentos em endocrinologia, e divulga ao público orientações básicas sobre as principais doenças tratadas pelos endocrinologistas.