imagem google
Início do conteúdo

Nota oficial: Brasil precisa de um plano de longo prazo e menos juros

Nota oficial

Nesta quarta-feira (02/04), o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central definiu novo aumento para a taxa Selic. Com a alta de 0,25 pp, o novo valor da taxa Selic passa a ser de 11 % a.a.

Para a Federação e o Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), mais uma vez não existem fatores que justifiquem mais uma elevação dos juros.

“A economia segue em marcha lenta, e nova alta de juros só servirá para retardar ainda mais a retomada, com o agravante de que os juros estão subindo e as expectativas de inflação não caem”, afirma Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.

“O Brasil só trabalha no curto prazo, não há gestão, estratégia. O país precisa deixar de lado o improviso. Precisamos de um plano focado no crescimento econômico, controle dos gastos de custeio, investimento em infraestrutura, educação de qualidade e reforma tributária. O Brasil precisa de um plano de longo prazo e menos juros”, conclui Skaf.

Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp)
Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp)