imagem google
Início do conteúdo

Não houve descaso com infraestrutura, diz ministro da Secretaria da Aviação Civil

Moreira Franco participou da cerimônia de abertura do L.E.T.S., evento da Fiesp que propõe um debate sobre a integração das políticas de infraestrutura

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp

O atraso de investimentos em infraestrutura, como no setor aeroportuário, não é fruto do descaso de governos, mas sim de uma crise econômica, financeira, fiscal e cambial que ocorreu nos anos 1980, avaliou na manhã desta segunda-feira (19/05) o ministro da Secretaria da Aviação Civil, Moreira Franco.
Imagem relacionada a matéria - Id: 1537638819

Ministro da Aviação, Moreira Franco, durante abertura do Lets, evento de infraestrutura integrada da Fiesp. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

“Não acho que houve descaso. Tivemos uma crise que desorganizou a economia brasileira a partir da década de 1980 e perdemos nossa moeda, nossa referência e tivemos, depois, mais duas décadas para nos recompor”, afirmou Moreira Franco.

Segundo ele, “só conseguimos ter a União com capacidade de investimento no segundo mandato do governo Lula”.

Ele discursou na abertura da Semana de Infraestrutura (L.E.T.S), encontro da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) que discute pela primeira vez a infraestrutura (logística, energia, telecomunicações e saneamento básico) de forma integrada. A realização é conjunta com o Sistema Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro).

Às vésperas da Copa do Mundo da Fifa no Brasil, e com cinco aeroportos brasileiros já sob a gestão de empresas concessionárias privadas, Moreira Franco afirmou que não há com o que se preocupar em relação à oferta para o período de jogos no país.

“Vocês podem estar absolutamente tranquilos porque vamos, na área de infraestrutura aeroportuária, atender não só a demanda interna quanto a demanda de estrangeiros para a Copa. Até porque não teremos nos aeroportos brasileiros nesse período uma movimentação maior do que tivemos nos feriados do fim do ano, por exemplo”, esclareceu.

Segundo ele, o volume de passageiros transitando nos aeroportos brasileiros cresce ao menos 10% a cada ano. Moreira Franco confirmou ainda que a partir de 31 de maio começa a entrar em operação um novo aeroporto internacional em São Gonçalo do Amarante, na grande Natal (RN).

De acordo com o ministro, “o objetivo é ter o principal aeroporto de cargas do país”.

Outorga das concessões

Moreira Franco afirmou que o desenho do novo modelo aeroportuário “já está feito” e que a outorga dos processos de concessão deve ir para o Fundo Nacional de Aviação (FNAC) e financiar obras de ampliação da infraestrutura dos aeroportos e melhorar a qualidade do aparato tecnológico no sentido de garantir segurança ao sistema brasileiro.

O governo deve arrecadar cerca de R$50 bilhões em outorga dos aeroportos Guarulhos, Viracopos, Brasília, Confins e Galeão. “Temos que conviver com uma questão de melhorar com a maior rapidez possível a capacidade operacional pelo Brasil”, disse o representante do governo.

Do lado da Fiesp, em discurso momentos antes do ministro, o diretor de Infraestrutura da Fiesp, Carlos Cavalcanti, cobrou que essa arrecadação do governo na outorga de concessão desses aeroportos deveria ser destinada ao Plano de Aviação Nacional, “ainda inexistente”.

“Conforme alerta da Fiesp, a única destinação concreta deste montante foi a apropriação de R$1,5 bilhão, pelo Tesouro, para a geração de superávit primário. Não fossem apropriados pelo Estado, estes R$ 50 bilhão poderiam acelerar o cronograma de investimentos, reduzir tarifas e proporcionar conforto à população”, defendeu Cavalcanti.

L.E.T.S

A Semana da Infraestrutura da Fiesp (L.E.T.S.) representa a união de quatro encontros tradicionais da entidade: 9º Encontro de Logística e Transporte, 15º Encontro de Energia, 6º Encontro de Telecomunicações e 4º Encontro de Saneamento Básico. O evento acontece de 19 a 22 de maio (segunda a quinta-feira), das 8h30 às 18h30, no Centro de Convenções do Hotel Unique, em São Paulo.

Mais informações: www.fiesp.com.br/lets