Nadadores do Sesi-SP conquistam 16 medalhas no Sul-americano juvenil - FIESP

Nadadores do Sesi-SP conquistam 16 medalhas no Sul-americano juvenil

Cinco nadadores da indústria na equipe brasileira voltam para casa com 10 ouros, 5 pratas e 1 bronze

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Uma semana após o presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, apresentar as equipes de esportes aquáticos para a temporada 2017 e ressaltar o quanto a indústria tem interesse em estimular o esporte, de olho na formação completa das pessoas, cinco nadadores da indústria conquistaram em Cali, na Colômbia, 16 medalhas (10 ouros, 5 pratas e 1 bronze) para o Brasil no Campeonato Sul-Americano Juvenil de Natação.

Durante cinco dias de provas, a Seleção Brasileira Juvenil de Natação somou 2.512 pontos e conquistou o título da competição. A delegação do Brasil somou 107 medalhas (46 de ouro, 37 de prata e 24 de bronze). Com o maior grupo do torneio, o Brasil superou em mais de 500 pontos a segunda colocada, Argentina, que somou 1.912. Em terceiro ficaram os colombianos, com 1.507. Realizada nas piscinas Pan-Americanas da cidade de Cali, a competição reuniu 280 atletas, divididos nas categorias A, até 15 anos, e B, de 16 e 18.

Contribuindo fortemente no número de conquistas para a equipe verde-e-amarela, Matheus Gonche e Clarissa Rodrigues, do Sesi-SP, foram dois dos maiores medalhistas do campeonato. Com direito a quebras de marcas pessoais, os jovens atletas retornam para São Paulo com mais uma missão dura pela frente, nadar no Troféu Maria Lenk, última seletiva para o Mundial Junior Fina de Natação, que acontecerá no mês de agosto, em Indianápolis, Estados Unidos.

“Estou extremamente feliz com o resultado final dessa competição. Eu fiz o meu melhor tempo nos 50m borboleta e me aproximei de um ótimo tempo nos 200m medley. Foi bem gratificante e uma experiência muito legal no Sul-americano. Estou passando por uma fase de mudanças, tanto nos meus treinos quanto de clube, e sou muito grato pelo apoio e acolhimento que venho recebendo no Sesi-SP. Dei um gás muito bom aqui na Colômbia e acredito que isso me ajudará muito no Maria Lenk, que será a última seletiva para o mundial da minha categoria”, comentou Matheus, medalhista de ouro nos 50, 100 e 200 metros borboleta e nos revezamentos 4x100m medley misto e 4x100m medley masculino.

Clarissa Rodrigues, dona de quatro ouros (100m livre, 100m borboleta e revezamentos 4×100 livre e 4x100m medley) e três pratas (200m medley, 50m borboleta e 50m livre), também comemorou a boa fase vivida na competição internacional e espera que toda experiência contribua positivamente no Rio de Janeiro, em maio. “Estou muito feliz com os meus resultados, e com certeza vão influenciar bastante nos meus tempos no Maria Lenk. Estou bastante motivada. Mesmo chegando quase em cima da hora de seguir para o Rio, acredito que uma competição complementará muito a outra, principalmente porque os treinos já estão em período de polimento.”

Clarissa Rodrigues foi um dos destaques do Sesi-SP na equipe brasileira, ao lado de Matheus Gonche. Foto: Divulgação/Sesi-SP

 

Ainda pelo juvenil B, categoria de 16 aos 18 anos, Beatriz Lima, também atleta da indústria, ficou com o bronze nos 200m costas, atrás de uma venezuelana e uma argentina. Representando a categoria A (até 15 anos), Lucas Sasso Brittes ficou com a prata nos 200m costas, e Rafael Lins também conquistou uma prata nos 100m peito e um ouro no revezamento 4x100m medley masculino.

O Brasil ainda liderou a pontuação por categorias. No Juvenil A, o time somou 1.269 pontos, contra 994 da segunda colocada, Argentina. No juvenil B os brasileiros registraram 1.243 pontos, e os argentinos, na segunda colocação, somaram 918. Na divisão por sexo o Brasil também ficou em vantagem. O time masculino, que contou com 22 nadadores, somou 1.201 pontos. No feminino, com 24 atletas, a equipe chegou à marca de 1.167 pontos, mostrando a força e a evolução da natação feminina, também nas categorias de base.

 

Resultados:

- 200m Medley Fem Juv. B – 1) Camila de Mello – Brasil – 2m19s36 / 2) Clarissa Maria Rodrigues – Brasil – 2m19s81 / 3) Andrea Santander – VEN – 2m22s64
- Rev. 4x100m Livre Fem Juv. B – 1) Brasil – Clarissa Rodrigues, Isabel Fagundes, Ana Vieira e Camila Mello – 3m50s45 / 2) Argentina – 3m56s16 / 3) Colômbia- 3m57s13

- 50m Borboleta Fem. Juv. B – 1) Luanna Oliveira – Brasil – 27s93 – RC / 2) Clarissa Rodrigues – Brasil – 27s96 / 3) Valentina Becerra- COL – 28s60
- 50m Borboleta Masc. Juv. B – 1) Matheus Gonche – Brasil – 25s18 / 2) Andres Julian – COL – 25s40 / 3) Gabriel Santander – CHI – 25s56 / 6) Marco Tulio Santos – Brasil – 26s45

- 200m Costas Masc. Juv. A – 1) Luciano Ivan – ARG – 2m10s13 / 2) Lucas Brites – Brasil – 2m11s74 / 3) Vinicius Kohns – Brasil – 2m13s11

- 200m Costas Fem. Juv. B – 1) Oriana Perez – VEN  - 2m20s84 / 2) Lola Cantera – ARG – 2m21s13 / 3) Beatriz Silva – Brasil – 2m21s30

- Rev. 4x100m Medley Misto Juv. B – 1) Brasil – Camila Lopes, Luan Sirilo, Matheus Gonche e Camilla Mello – 4m00s15 / 2) Venezuela – 4m07s94 / 3) Argentina – 4m08s27

- 50m Livre Fem Juv. B – 1) Julieta Lema – ARG – 26s74 / 2) Clarissa Rodrigues – Brasil – 26s75 / 3) Andrea Santander – VEM – 26s94

- 200m Borboleta Masc Juv. B – 1) Matheus Gonche – Brasil – 2m02s22 / 2) Angelo Menendez – EQU – 2m04s00 / 3) Federico Ludueña – ARG – 2m05s71 / 9) Marco Tulio Santos – Brasil – 2m09s73

- 100m Livre Fem Juv. B – 1) Clarissa Rodrigues – Brasil – 56s81 / 2) Camilla Mello – Brasil – 57s07

- 100m Borboleta Fem. Juv. B – 1) Clarissa Rodrigues – Brasil – 101s14 / 2) Luanna Oliveira – Brasil – 1m01s78 / 3) Maria Clara Mantilla – COL – 1m02s33

- 100m Borboleta Masc. Juv. B – 1) Matheus Gonche – Brasil – 54s69 / 2) Marco Tulio Santos – Brasil – 55s03 / Gabriel Santander – CHI – 55s81

- 100m Peito Masc Juv. A – 1) Dante Etchepare – ARG – 1m08s56 / 2) Rafael Pires – Brasil; 2) Nicolas de Souza – Brasil ; 2) Felipe Lancha – ARG – todos com 1m08s95

- Rev. 4x100m Medley Fem. Juv. B – 1) Brasil – Camila Lopes, Ana Vieira, Clarissa Rodrigues e Camila Mello – 4m15s59 / 2) Argentina – 4m23s03 / 3) Colômbia – 4m23s10

- Rev. 4x100m Medley Masc. Juv. B – 1) Brasil – João Paulo Andrade, Luis Gabriel, Matheus Gonche e Breno Correa – 3m50s97 / 2) Colômbia – 3m54s39 / 3) Chile – 3m54s86

- Rev. 4x100m Medley Masc. Juv. A – 1) Brasil – Gabriel Costa, Rafael Pires, Victor Baganha e Murilo Sartori – 4m00s49 / 2) Argentina – 4m04s20 / 3) Uruguai -  4m09s60