imagem google

No Senai-SP, presidente da Fiesp encontra competidores da Olimpíada do Conhecimento

Cinquenta estudantes do Senai-SP que participam da competição receberam a mensagem de incentivo de Benjamin Steinbruch

Alice Assunção e Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp

Sorte e sucesso. Foram esses os votos do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Benjamin Steinbruch, ao cumprimentar dezenas de alunos que vão representar o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) na Olimpíada do Conhecimento, competição programada para a primeira semana de setembro, no ExpoMinas, em Belo Horizonte (MG).  O encontro, na tarde desta segunda-feira (18/08), foi realizado na unidade de Santo Amaro, a escola Suíço-Brasileira Paulo Ernesto Tolle.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542386840

Em nome de todos os competidores, Beatriz Luna homenageia presidente da Fiesp e do Senai-SP com camiseta de "chefe de equipe". Foto: Everton Amaro/Fiesp

Antes da reunião, Steinbruch visitou as instalações da escola, acompanhado da esposa e das duas filhas, e ciceroneado pelo diretor da unidade, Pedro Teodoro de Faria, e pelo diretor técnico do Senai-SP, Ricardo Terra.

Em seguida, conversou e posou para fotos com os competidores.

“O sistema Sesi-Senai de São Paulo é um ponto fora da curva. Eu acredito a gente tem tudo de melhor, tanto do ponto de vista de escolas como de professores”, afirmou o presidente das instituições.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542386840

Steinbruch: desafio para equipe conquistar ao menos 28 ouros em Belo Horizonte. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Durante o encontro com os alunos, Steinbruch fez um pedido especial: a superação da marca do ano passado de 27 medalhas.

“Temos uma responsabilidade muito grande, porque há nove anos [a regional] São Paulo ganha a maioria das provas. Gostaria de pedir um especial empenho para conseguirmos mais medalhas neste ano. De alguma forma vamos ter de ganhar 28 medalhas de ouro”, declarou o presidente para os 53 competidores que viajam para Minas em busca do lugar mais alto do pódio.

Steinbruch reforçou o compromisso de que os alunos que vencerem o Nacional, chegarem ao Mundial, o WorldSkills-2015, que será realizado em São Paulo, e ganharem medalhas (de ouro, prata ou bronze) vão ganhar uma viagem internacional para um país em que sua modalidade seja referência. Um motivo a mais para que os competidores busquem a vitória.

“Quero desejar muito boa sorte e que vocês tenham muito sucesso. Vamos estar juntos em Belo Horizonte”, encerrou o presidente da Fiesp e do Senai-SP.

Segundo o diretor técnico Ricardo Terra, o Senai-SP é responsável por 53% da pontuação do Brasil na última disputa do WorldSkills. “Se São Paulo fosse isolado da equipe brasileira, pela média de notas dos competidores, ficaríamos em segundo lugar do mundo”, acrescentou.

A diretora regional do Senai-SP e superintendente do Sesi-SP, Débora Cypriano Botelho, também participou do evento, bem como o gerente regional José Carlos Dalfré.

Motivação

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542386840

Steinbruch visitou laboratórios da unidade Suiço-Brasileira, guiado pelo diretor técnico do Senai-SP, Ricardo Terra (esquerda), e pelo diretor da unidade, Pedro Teodoro de Faria. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A aluna Beatriz Luna, competidora na modalidade de impressão offset, presenteou Steinbruch com uma camiseta de chefe de equipe. “Nesse momento, o que a gente precisa é de motivação. E esse é o papel dele.”

Plínio Santos tem 20 anos e compete na modalidade mecatrônica pelo Senai-SP de Taubaté. Para ele, a presença do presidente da instituição é motivadora. Ele também enxerga esses encontros como oportunidade profissional.

“É bom porque a gente percebe que tem gente de olho na gente, empresários, há bastante vista ao projeto. Então, eles vindo aqui, falando com a gente, é um motivo a mais para dar nosso melhor lá”, afirmou um dos 30 competidores que faz parte do programa Top One, em que disputarão a vaga para o mundial com os vencedores da etapa nacional.

Em resposta ao pedido do presidente Steinbruch, Guilherme Lima Leite, 18 anos, competidor de Sorocaba na modalidade Modelagem de Protótipo, garantiu que superação é o objetivo. “A gente vai lá buscar todas as medalhas que der.”

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542386840

Encontro teve presença de alunos de diversas unidades do Senai-SP no Estado de São Paulo. Foto: Everton Amaro/Fiesp