imagem google

Nagi – Petróleo e Gás inicia novo módulo de capacitação para empresas inscritas em SP


De acordo com participantes, programa proporciona conhecimentos em gestão de inovação

Amanda Viana, Agência Ciesp de Notícias

Com o objetivo de capacitar empresas para atender demandas da cadeia de petróleo e gás, foi realizado nesta quarta-feira (29/01), na sede do Centro e da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp e Fiesp), o V Módulo de Capacitação para os participantes do Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação na Cadeia de Petróleo e Gás (Nagi-PG). A iniciativa é uma parceria entre a Fiesp, o Ciesp, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP) e a Agência USP de Inovação.

Há um ano participando do programa, Fernando Pereira, da Exergy Engenharia, afirma que o Nagi PG trouxe a oportunidade de novos conhecimentos para a empresa em gestão de inovação. “O Nagi nos permitiu saber onde buscar novos recursos financeiros, além de podermos criar uma rede de relacionamento com outros empresários que participam do programa, gerando possibilidade de negócios”, disse Pereira.

Para Daiana Franco Mendes, da empresa Coimbra Guindastes, o Nagi tem proporcionado conhecimento não apenas em inovação, mas também sobre gestão e planejamento estratégico de empresas. “Esse conhecimento que está sendo adquirido é muito importante para ser aplicado na empresa”, comentou. “O programa dá todas as diretrizes e caminhos para este aprendizado, mas vai depender de cada um aplicar o que foi ensinado”, completou Daiana.

O Programa Nagi PG

O Programa Nagi PG – Núcleo de Apoio à Gestão da Inovação na Cadeia de Petróleo e Gás – é uma parceria entre USP, Fiesp e Ciesp que irá capacitar entre 200 a 400 pequenas e médias indústrias paulistas da cadeia de petróleo e gás.

O objetivo é implementar a cultura da inovação e incentivar a elaboração de projetos de inovação a serem apresentados a instituições de fomento para obtenção de apoio na execução.

A metodologia de aplicação do projeto, com duração de quatorze meses, contempla as seguintes fases: sensibilização das empresas, capacitações coletivas em inovação, aplicação de diagnósticos da inovação, entrevistas individuais nas empresas para elaboração de matriz da análise de projetos de inovação, assessoria empresarial individual para elaboração de Planos de Gestão de Inovação e/ou Projetos de Inovação e apresentação dos Planos/Projetos a instituições de fomento.

Para mais informações, acesse o site www.fiesp.com.br/nagipg