imagem google

Fiesp renova associação com Organização Nacional da Indústria do Petróleo

Segundo vice-presidente da federação, José Ricardo Roriz Coelho, é um dos conselheiros da Onip

Agência Indusnet Fiesp

A Fiesp renovou, no início de abril, a sua associação com a Organização Nacional da Indústria do Petróleo (Onip). A indústria nacional de bens para o setor de óleo e gás natural representa 3,7% do PIB brasileiro e emprega 700 mil pessoas, o que significa 0,7% dos empregos existentes no país. As informações são de levantamento realizado pelo Departamento de Economia, Competitividade e Tecnologia – (Decontec) da federação.

“A Fiesp tem muita importância na Onip:  49% das empresas, 57% da força de trabalho e 51% do faturamento dessa indústria estão localizadas no estado de São Paulo”, apontou o 2º vice-presidente da federação, José Ricardo Roriz Coelho, que integra o corpo de conselheiros da Onip.

Roriz lembra também que São Paulo já é o terceiro maior produtor nacional de petróleo e o segundo maior de gás natural. “E essa participação só vai crescer com o aumento da produção da Bacia de Santos”, disse.

A Onip passou por uma reestruturação e inicia sua atividade com foco na competitividade.

O objetivo é ser um fórum neutro de articulação e cooperação entre as companhias de exploração, produção, refino, processamento, transporte e distribuição de petróleo e derivados, empresas fornecedoras de bens e serviços, além de organismos governamentais e agências de fomento.