imagem google
Início do conteúdo

Fiesp recebe 2º Seminário Geral de Segurança para a Copa do Mundo da Fifa

Evento reúne autoridades e especialistas nesta segunda e terça-feira (24 e 25/02), na sede da federação, em São Paulo

Isabela Barros, Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) recebe, nesta segunda e terça-feira (24 e 25/02), em sua sede, na capital paulista, o 2º Seminário Geral de Segurança para a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014. O evento é um fórum de debates sobre a preparação do país para o Mundial de futebol no que se refere à segurança, com a presença de autoridades e representantes da organização do torneio.

Na abertura do seminário, na manhã desta segunda-feira, o diretor-titular do Departamento de Segurança  (Deseg) da Fiesp, Ricardo Lerner, representou o presidente da entidade, Paulo Skaf. “A Fiesp já vem desenvolvendo ações, eventos e seminários sobre segurança com o objetivo de ampliar conhecimentos e promover a troca de experiências na área”, afirmou.

Segundo Lerner, segurança e mobilidade são dois fatores importantes para a realização de qualquer evento. “Vejo aqui o planejamento e a gestão prevalecendo”, disse. “Os jogos da Copa serão um grande acontecimento para o país”.

A solenidade de abertura do seminário sobre segurança na Copa do Mundo no Brasil. Foto: Everton Amaro/Fiesp

A solenidade de abertura do seminário sobre segurança na Copa do Mundo no Brasil. Foto: Everton Amaro/Fiesp


Presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, José Maria Marin destacou a importância da integração para garantir a tranquilidade de brasileiros e turistas durante o evento. “Há um total entrosamento entre os setores para a segurança na Copa”, explicou. “Não precisamos apenas de uma grande equipe de futebol e de arenas modernas para organizar um grande evento, mas de segurança para oferecer a paz necessária a todos”.

Prioridade nas Forças Armadas

Para o coordenador das Forças Armadas para Grandes Eventos no Ministério da Defesa, general Jamil Megid Junior, a organização da Copa do Mundo é uma “prioridade” hoje nas Forças Armadas. “Nosso cronograma está em dia”, explicou. “Os novos equipamentos já foram testados na Copa das Confederações e teremos treinamentos em março e abril para estarmos prontos em maio”.