imagem google

Fiesp realiza pesquisa sobre barreiras não tarifárias às exportações brasileiras

Participação das empresas é fundamental para mapeamento dos principais entraves às exportações

Agência Indusnet Fiesp

Com o objetivo de identificar as dificuldades enfrentadas pelo setor privado no acesso a mercados, o Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior (Derex) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) elaborou um questionário destinado às empresas brasileiras exportadoras de bens.

Disponível no link abaixo, a pesquisa tem como foco o mapeamento de restrições não tarifárias, visando obter mais informações sobre sua natureza, obrigatoriedade e os mercados nos quais são aplicadas.

>> Participe já! Preencha o questionário online

O questionário é composto de seis etapas. Seu preenchimento não leva mais do que 10 minutos. A participação das empresas é fundamental para o mapeamento dos principais entraves às exportações, possibilitando um melhor endereçamento dos problemas enfrentados pelo exportador brasileiro.

As informações declaradas e o nome das empresas participantes serão preservados e mantidos sob sigilo.

Barreiras não tarifarias

Em um contexto de redução das tarifas aplicadas pelos países importadores, as barreiras não tarifárias constituem uma das principais medidas protecionistas da atualidade. Estas podem ser técnicas, sanitárias ou fitossanitárias, e seu cumprimento pode ser exigido por órgãos públicos ou privados.

Embora as prescrições técnicas, sanitárias ou fitossanitárias sejam permitidas e legítimas, sua aplicação tem, por vezes, o efeito de produzir restrições aos fluxos do comércio internacional de maneira desproporcional aos objetivos de interesse público ora defendidos.

Dúvidas e informações:

Tel: (11) 3549-4215 e (11) 3549-4561
E-mails: defesacomercial@fiesp.com e negociacoesinternacionais@fiesp.com