imagem google
Início do conteúdo

Expectativa de crescimento do setor de tecnologia em segurança é de 11% em 2013, afirma diretora da Fiesp

Selma Migliori, do Departamento de Segurança da entidade, fala sobre o crescimento do setor em seminário ‘Tecnologia em Segurança’ da 16ª edição do Exposec

Guilherme Abati, Agência Indusnet Fiesp

Selma Migliori: setor deverá crescer 11% em 2013 (Foto: Hélcio Nagamine)

Selma Migliori: setor deverá crescer 11% em 2013 (Foto: Hélcio Nagamine)

O mercado de sistemas eletrônicos de segurança cresceu 9% em 2012, representando um faturamento total de 4,2 bilhões de reais.  Para este ano, a expectativa é ainda mais positiva. O setor deverá crescer 11%, segundo dados da Associação Brasileira das empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (Abese).

Os dados foram apresentados por Selma Migliori, presidente da Abese e diretora do Departamento de Segurança (Deseg) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), durante o seminário “Tecnologia em Segurança”, agenda da Feira Exposec 2013 que acontece até quinta-feira (16/05) no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo.

Migliori ressaltou o potencial de crescimento do setor, que representa 1,7 milhões de empregos indiretos e 200 mil diretos.  “De um total de 6,18 milhões de imóveis com possibilidade de receber sistemas de alarmes monitorados, apenas 12% desse total ou 800 mil imóveis são monitorados no país.”

A diretora da Fiesp apresentou dados sobre a atual configuração do setor.  Segundo ela, em 2012, o setor de segurança residencial representou 15% do consumo de produtos, superando os 12% de 2011. O setor não residencial, representado por indústrias, bancos, lojas e condomínios, abocanhou 85% do consumo de sistemas eletrônicos de segurança.

No encerramento de sua exposição, a diretora apontou as melhores opções de atuação para empresas do setor. “Há espaço no setor residencial e no setor imobiliário em geral, que está em expansão”, encerrou.

Além de Migliori, participaram do seminário nomes como o especialista em segurança urbana Fernando Ornellas, que

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537604140

Evento foi o primeiro promovido em parceria entre o Deseg e Abese (Foto: Hélcio Nagamine)

abordou o tema da integração da segurança púbica e privada na transformação da segurança das cidades, e do consultor de segurança privada, Adelar Anderle. Ex-coordenador geral de controle de segurança privada da Polícia Federal, Anderle falou sobre a nova regulação do Estatuto da Segurança Privada.

“Conseguimos reunir mais de 100 profissionais do setor de segurança pública e empresarial para debater modernas questões relacionadas à proteção social e ao desenvolvimento deste crescente mercado”, afirmou Roberto Costa, diretor do Deseg e mediador do evento.