imagem google
Início do conteúdo

Etiene Medeiros quebra recorde sul-americano e conquista prata em Kazan

Atleta do Sesi-SP é primeira nadadora brasileira a ganhar medalha em mundial de piscina longa

Amanda Demétrio, Agência Indusnet Fiesp

Prata com gostinho de ouro! Etiene Medeiros, atleta do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP), nadou a final dos 50 m costas na manhã desta quinta-feira (6/8), no Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan, na Rússia e ganhou a medalha de prata. Com o tempo de 27s26, estabeleceu novo recorde sul-americano e ficou atrás apenas da chinesa Fu Yuanhui (27s11).

Em mais uma brilhante prova, Etiene garante mais um grande resultado. A prata em Kazan lhe rendeu mais um feito inédito. Após se tornar a primeira mulher brasileira a conquistar uma medalha em mundial de piscina curta, na prova dos 50 m costas em Doha-2014, e uma medalha de ouro em Pan-Americano (100 m costas em Toronto-2015), a atleta quebrou mais uma barreira e se tornou a primeira nadadora brasileira a conquistar uma medalha em mundial de piscina longa.

Etiene Medeiros quebra recorde sul-americano em Karzan. Foto: Divulgação/CBDA

Etiene Medeiros quebra recorde sul-americano em Kazan. Foto: Divulgação/CBDA