imagem google

Em reunião com presidente do STF, Paulo Skaf defende liminar que suspende aumento do IPTU

Presidente da Fiesp e do Ciesp teve encontro com ministro Joaquim Barbosa

Agência Indusnet Fiesp

O presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf, foi recebido na tarde desta quinta-feira (19/12), pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Joaquim Barbosa.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542409183

Paulo Skaf e Ives Gandra. Foto: Junior Ruiz/Fiesp


Ao lado do advogado e jurista Ives Gandra Martins, que defende a Fiesp na causa, Skaf apresentou os argumentos utilizados pelas entidades na Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que pede a anulação do aumento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU)  na cidade de São Paulo.

Entre eles, a violação aos princípios da capacidade contributiva na estipulação dos percentuais de reajuste.

“Temos confiança que o STF vai julgar de acordo com os interesses dos cidadãos de São Paulo e manter a decisão do STJ. O aumento do IPTU, nas bases colocadas, castigava o contribuinte de São Paulo.”