imagem google
Início do conteúdo

Em anúncio na mídia, Fiesp faz alerta: tem gente ‘jogando contra’ aprovação de MP que reduz conta de luz

Mensagem, que também será divulgada em revistas, rádio e televisão, incentiva povo brasileiro a cobrar de parlamentares votos favoráveis à aprovação da MP 579, medida do governo que propõe desconto de 20,2%, em média, nas tarifas de energia

Agência Indusnet Fiesp*

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) deu início nesta  sexta-feira (23/11) a uma nova etapa da campanha “Energia a Preço Justo”.


Imagem relacionada a matéria - Id: 1537898303

Com anúncios publicados em alguns dos principais jornais do país, a Fiesp faz um alerta sobre as pressões para que deputados e senadores não aprovem a Medida Provisória 579/12, que aplica, a partir de janeiro de 2013, um desconto médio de 20,2% nas tarifas de energia de todos os brasileiros.

“Atenção povo brasileiro. Sua conta de luz pode baixar muito a partir de janeiro. Mas tem gente jogando contra”, diz a principal mensagem. “A Fiesp fez a sua parte. A Presidenta Dilma fez a sua parte. Mas, para a nossa surpresa, tem gente jogando contra”, reforça o anúncio, que mobiliza os leitores a lutar pela conquista: Exija os seus direitos. Cobre do seu deputado e do seu senador para votarem a favor da MP 579″.

O anúncio foi publicado em página inteira nas edições dos jornais Valor Econômico, Brasil Econômico, Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, Diário de S. Paulo e em publicações do interior vinculados à APJ e Rede Bom Dia, além do diário A Cidade, de Ribeirão Preto. Na segunda-feira (26/11), a mensagem estará em páginas dos jornais gratuitos Publimetro e Destak.

O plano de mídia envolve veiculação, neste final de semana, em revistas semanais como Veja, Época, Isto É, Isto É Dinheiro e Isto É Gente.

Também estão programadas inserções em emissoras de rádio e televisão.

A MP 579 deve ir à votação em dezembro deste ano no Congresso.

Veja versão ampliada do anúncio em PDF.

FirjanImagem relacionada a matéria - Id: 1537898303

Também nesta sexta (23/11), o Sistema Firjan, federação que representa as indústrias do Estado do Rio de Janeiro, publicou anúncio com o mesmo conteúdo nos principais jornais cariocas.

*Texto atualizado às 19h15