imagem google

Divisão de Nozes e Castanhas da Fiesp faz primeira reunião

Para o diretor José Eduardo Mendes de Camargo, objetivo é consolidar dados do setor e estimular crescimento

Amanda Viana, Agência Indusnet Fiesp

A Divisão de Nozes e Castanhas do Departamento de Agronegócio (Deagro) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) realizou sua primeira reunião nesta quarta-feira (13/5). O grupo pretende consolidar informações do setor, estimular o crescimento do mercado no país e apoiar pesquisas para o segmento agrícola.

“Vamos começar a trabalhar estatísticas e divulgar propriedades nutritivas e terapêuticas das nozes. E promovê-las junto aos consumidores”, disse José Eduardo Mendes de Camargo, diretor da divisão que iniciou os trabalhos este ano.

Na avaliação de Camargo, a criação da divisão contribui para a expansão da produção de nozes no Brasil “como uma boa alternativa de negócios”.

Ele acrescentou que a divisão deve perseguir algumas bandeiras como a abertura tarifária, certificação de produtos e pesquisas para o campo da saúde.