imagem google

Debate sobre o Teatro Contemporâneo Brasileiro no Salão do Livro de Paris

Salão do Livro de Paris 2015 Cátedra Globalização e Mundo Emergente Fiesp-Sorbonne

 Agência Indusnet Fiesp

A Cátedra Fiesp-Sorbonne Globalização e Mundo Emergente participou do Salão do Livro de Paris 2015 cujo país homenageado foi o Brasil. Com um público estimado de cerca de 200 mil pessoas, o Salão do Livro de Paris é um dos mais importantes eventos culturais da Europa contando com a participação de 1.200 editores de todo o mundo de um total de 50 países participantes.

No fechamento do evento, dia 23 de março, a Cátedra organizou um debate sobre o Teatro Contemporâneo Brasileiro para comemorar o lançamento de uma coletânea de peças de dramaturgos brasileiros contemporâneos traduzida para o francês, uma iniciativa do Ministério da Cultura e do Ministério de Relações Exteriores do Brasil com o apoio da Embaixada do Brasil em Paris.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542645208

Pavilhão do Brasil no Salão do Livro de Paris 2015 (Pavilhão 1 do Centro de Exposições Paris Porte de Versailles). Foto: Ricardo Esteves/Divulgação

Com a participação da atriz e produtora executiva Danielle Cabral, da diretora do Núcleo de Fomentos Culturais da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, Marisabel Lessi de Melo, de Walter Vicioni Gonçalves, Diretor Regional do Senai-SP e Superintendente do Sesi-SP, além dos dramaturgos Bosco Brasil, Jô Bilac, Sergio Roveri e Newton Moreno, o debate abordou o tema do teatro contemporâneo sob duas perspectivas: a do financiamento e fomento teatral e a da dramaturgia e processo criativo.

O público participou intensamente do debate marcando o sucesso do evento. Assim, com mais este projeto, a Cátedra Fiesp-Sorbonne dá continuidade às iniciativas culturais não somente em São Paulo, mas também em Paris.