imagem google
Início do conteúdo

Coscex da Fiesp analisa proposta norte-americana para o COP-15

Conselheiros da entidade também vão abordar posição brasileira sobre o contencioso do algodão

Nesta terça-feira (13), às 10h, o Conselho Superior de Comércio Exterior (Coscex) da Fiesp debaterá dois assuntos que ganharam importante espaço na geopolítica internacional:

  • A nova legislação americana para as mudanças climáticas;

  • A possibilidade de retaliação do Brasil aos Estados Unidos por conta dos subsídios do governo norte-americano ao algodão.


    Legislação climática

    De olho na pauta do COP-15, que ocorrerá em Copenhague, em dezembro deste ano, o Coscex discutirá as metas climáticas dos Estados Unidos e as mudanças legislativas propostas no último mês.

    Em Washington, o Partido Democrata apresentou uma nova lei ao Senado, que propõe um corte de 20% das emissões até 2020, frente aos 17% propostos em 2005.

    Em vista do novo projeto, o Fundo Mundial para a Natureza (WWF) dos Estados Unidos realizou um levantamento sobre a taxa de poluentes norte-americanos e constatou que estão 15% acima dos níveis de 1990.

    Além disso, a política climática de Obama encontra-se abaixo dos 25% a 40% exigidos pelo Painel da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Mudança Climática, em relação a 1990.


    Retaliação



    Apesar de a Organização Mundial do Comércio (OMC) ter permitido retaliações do Brasil aos Estados Unidos, devido aos subsídios ao algodão, até o momento o governo brasileiro não definiu uma posição sobre o assunto.

    No início de setembro, o Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) instaurou um grupo de trabalho para avaliar o tema, composto pelos Ministérios do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e das Relações Exteriores.

    Durante o encontro, o Conselho da Fiesp vai ponderar possibilidades e alternativas diplomáticas do País frente ao impasse.

    A reunião, coordenada pelo Instituto Roberto Simonsen e fechada, ocorrerá na sala executiva do 15º andar, na sede da Fiesp (Av. Paulista, 1313). No final, os participantes atenderão a imprensa.