imagem google

Construção pode alavancar PIB, mas faltam projetos, afirma Quirós, vice-presidente da Fiesp

Juan Quirós participou da reunião do Conselho da Indústria da Construção Civil da Fiesp que avaliou os obstáculos para o crescimento do setor

Alice Assunção, Agência Indusnet Fiesp 

O setor de construção pode alavancar o Produto Interno Bruto (PIB), na opinião do vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Juan Quirós. O problema, segundo ele, é a carência de projetos.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542325791

Juan Manuel Quirós, em reunião Consic Fiesp

“A construção tem todas as condições de alavancar o PIB, mas precisamos ter noção de onde estamos. Não há projetos do setor”, afirmou o integrante do Conselho Superior da Indústria da Construção (Consic) da Fiesp, durante reunião realizada nesta terça-feira (05/03) para avaliar o cenário do setor e os obstáculos ao seu crescimento.

Segundo Quirós, a condição para investimento em infraestrutura está melhor. A falta de segurança jurídica, porém, ainda inibe o investidor. “O governo está com uma situação bem melhor para atração de investimento em infraestrutura, mas ainda falta passar segurança jurídica para o investidor”, explicou.