imagem google

Comunicação das Forças Armadas é tema de palestra na Fiesp

Chefes de Comunicação Social das entidades explicaram o funcionamento do trabalho de relações com a mídia aos alunos do CGERD

As ações sociais que as Forças Armadas têm desenvolvido no País possibilitaram que a instituição aparecesse em primeiro lugar numa lista das entidades mais confiáveis pela população, de acordo com pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV). “As Forças Armadas representam a sociedade”, afirmou o jornalista especializado em assuntos de Defesa, Cosme Degenar Drumond.

Ele foi mediador de um debate realizado na sexta-feira (26) entre os comandantes de Comunicação Social das Forças Armadas, durante uma palestra para os alunos do Curso de Gestão dos Recursos de Defesa (CGERD), da Escola Superior de Guerra (ESG).

O chefe de Comunicação Social do Exército, general de Divisão Adhemar da Costa Machado, destacou a boa relação que o Brasil tem com os dez países vizinhos, que representam 15 mil quilômetros de fronteira. “A Fiesp tem tido uma ligação muito forte conosco no sentido de fortalecer a indústria nacional de Defesa”, afirmou.

Em sua apresentação, o chefe de Comunicação Social da Marinha, contra-almirante Domingos Sávio Almeida Nogueira, adotou o mesmo tom de seu colega do Exército, ao dizer que “é necessário unir forças industriais”. Ele informou que 95% do comércio brasileiro é feito pelo mar e que cerca de 600 navios mercantes passam diariamente pela costa brasileira.

Já o chefe de Comunicação Social da Aeronáutica, brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez, explicou que há uma estratégia para uso da comunicação social da Defesa em tempos de paz. “Hoje atuamos despertando vocações”, comentou ao falar do trabalho da Esquadrilha da Fumaça.


Formação



O Curso de Gestão de Recursos de Defesa (CGERD), que está em sua quarta edição, é um dos cursos regulares da Escola Superior de Guerra (ESG), do Ministério da Defesa, realizado por meio de parceria com o Departamento da Indústria de Defesa (Comdefesa) da Fiesp.