imagem google

Comitê da Cadeia do Desporto dá ‘pontapé inicial’ para atividades de 2014 e 2015

Pleitos, projetos e grandes eventos programados foram apresentados na primeira reunião do ano

Dulce Moraes, Agência Indusnet Fiesp

Na primeira reunião plenária de 2014 do Comitê da Cadeia Produtiva do Desporto (Code) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), realizada no final da tarde desta quarta-feira (26/02), foram apresentados os resultados iniciais dos Grupos de Trabalhos do Comitê e os projetos em desenvolvimento neste primeiro semestre.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542576709

Primeira Reunião Plenária do Comitê da Cadeia Produtiva do Desporto em 2014. Foto: Everton Amaro/Fiesp


Na abertura do encontro, o coordenador do Code, Mario Eugenio Frugiuele, agradeceu os esforços dos membros do Comitê, que previamente estiveram reunidos para discutir projetos e soluções de melhorias para o desenvolvimento da cadeia produtiva do desporto.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542576709

Mario Frugiuele, coordenador do Code. Foto: Everton Amaro/Fiesp

Ele expressou suas expectativas de que esse dinamismo, próprio do Comitê, continue a trazer ainda mais resultados para a cadeia produtiva. “Estamos num ano de Copa do Mundo; depois teremos Olimpíadas, e o esporte está ‘na boca do povo’. Espero que seja um bom ano para todos os que trabalham na área do desporto e que possamos, juntos, realizar um bom trabalho.”

Frugiuele apresentou um novo membro do comitê, o empresário Olavo Fontoura Vieira, coordenador da Confederação Brasileira de Desportos da Neve (CBDN).

Fontoura ressaltou a participação do Brasil nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi-2014, na Rússia. “Para um país que não tem neve, tivemos um relativo sucesso. Conseguimos formar e levar 15 atletas para disputar esses Jogos Olímpicos em Sochi, neste ano. Esse é um resultado da dedicação das associações ligadas a esses esportes”.

Lei Municipal de Incentivo

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542576709

Procurador do Município Mauricio Tonin. Foto: Everton Amaro/Fiesp

O procurador do município de São Paulo, Mauricio Morais Tonin, representando o secretário municipal de Esportes, Celso Jatene, falou sobre a recente lei municipal sancionada. “A lei que criou o incentivo ao esporte, e que foi aprovada no ano passado, é uma grande conquista para a cidade. Até porque era inaceitável que a maior e mais rica cidade do país não tivesse um mecanismo como esse de incentivo fiscal voltada à área esportiva.”

Tonin esclareceu que o prefeito de São Paulo assinou neste ano o decreto que regulamenta a Lei de Incentivo Fiscal para o Esporte na cidade e que, nos próximos dias, serão criadas as comissões, dentro da Secretaria, para analisar os projetos beneficiados com esses incentivos. 

Pleitos da Fiesp

Ari Mello, integrante da Comissão de Impostos e Incentivos ao Esporte do Code/Fiesp, comentou que o grupo se colocou à disposição da Secretaria Municipal para colaborar na regulamentação da Lei.

A Comissão também avaliou a possibilidade de pleitos relativos a incentivos e impostos estaduais e federais, os quais já estão em análise no Departamento Jurídico da Fiesp.

Normalização de Produtos

Dentro da Comissão de Normatização e Normalização foi debatida a necessidade de fomentar a adequação dos produtos nacionais nos padrões de qualidade e a ampliar a discussão sobre as normas já pré-estabelecidas vinda do exterior.

Um trabalho conduzido pela Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq) junto ao Ministério do Esporte foi apresentado e será avaliado para estender aos demais setores da cadeia produtiva.

Marketing Esportivo

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542576709

Mauricio Fernandes, coordenador adjunto do Code/Fiesp. Foto: Everton Amaro/FIESP

Ao apresentar os projetos do Comitê de Marketing Estratégico do Code, o coordenador adjunto do Comitê, Mauricio Fernandez, antecipou como será o ritmo dos projetos para 2014 e 2015. “Será uma agenda bem intensa, para arregimentar mais pessoas e trazer mais resultados.”

Entre os projetos está a realização de um road show, evento que percorrerá várias cidades em São Paulo e grandes capitais, como Rio de Janeiro e Brasília. Tais encontros, que podem contar com o apoio do setor público, terão uma programação dinâmica para atender o interesse de diversos públicos: pequenas e médias empresas ligadas ao esporte, lojistas, profissionais do esporte, associações esportivas e prestadores de serviços.

Para o final de 2014 está sendo planejado um grande congresso em São Paulo, voltado aos negócios do esporte.

Fazem parte ainda da programação do Code a realização de rodadas de negócios nacionais e internacionais e a promoção de prêmios com o intuito de valorizar e estimular a competitividade das indústrias do setor.