Com reformas e crédito para as empresas, PIB pode crescer mais de 1% no ano, afirma Skaf - FIESP

Com reformas e crédito para as empresas, PIB pode crescer mais de 1% no ano, afirma Skaf

O IBGE divulgou hoje (1º de junho) que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro cresceu 1,0% no primeiro trimestre deste ano em relação ao quarto trimestre de 2016.

Esse resultado encerra um ciclo de oito quedas trimestrais consecutivas do PIB, indicando que o período de recessão ficou para trás.

“O resultado do PIB do primeiro trimestre confirma que a economia está em processo de retomada, como esperávamos. Hoje vislumbramos um crescimento do PIB para o ano mais próximo a 1%. E o crescimento pode ser mais expressivo. Para isso é preciso que os bancos voltem a expandir o crédito para as empresas e que o Congresso Nacional aprove a reforma trabalhista e a previdenciária”, afirma Paulo Skaf, presidente da Fiesp e do Ciesp.