imagem google
Início do conteúdo

Com investimento de R$ 13 milhões, Sesi-SP de Araras ganha novos espaços

Evento de abertura da remodelação da escola e do CAT aconteceu nesta sexta-feira (23/05)

Ariett Gouveia, Agência Indusnet Fiesp, de Araras

Com instalações modernizadas e ampliadas, o Centro de Atividades (CAT) e a escola da unidade do Serviço Social da Indústria de São Paulo (Sesi-SP) de Araras foram oficialmente reinaugurados nesta sexta-feira (23/05), em cerimônia que contou com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Sesi-SP, Paulo Skaf.

O investimento foi de R$ 13 milhões em obras e equipamentos, preparando a unidade para ter ensino fundamental em tempo integral e  ensino médio.  Além de abrir 11 novas salas, o Sesi-SP promoveu uma reforma das oito já existentes, construiu um segundo laboratório de informática, ampliou a biblioteca e reformou a cozinha e o refeitório, além de fazer uma cobertura do espaço do recreio.

No CAT Laerte Michielin foi construída uma quadra poliesportiva coberta, um campo de futebol society com grama sintética, uma sala de ginástica e dança, além do sistema de aquecimento das piscinas. O CAT ganhou ainda uma cozinha didática, uma sala de múltiplo uso e um espaço para exposições de arte.

Na solenidade, Paulo Skaf declarou que Araras pode se orgulhar por ter a melhor escola de educação básica do mundo e, em breve, a mais moderna escola profissionalizante do mundo, referindo-se às obras da nova unidade do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de São Paulo (Senai-SP).

“Não existe nada mais importante para um país, um estado ou uma cidade que a educação de qualidade. Porque não adianta ter escola que a criança frequenta e não aprenda. Não é uma questão de quantidade, mas de qualidade.”

Skaf em Araras: foco na educação de qualidade. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp

Skaf (à esquerda) na escola do Sesi-SP em Araras: foco na educação de qualidade. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


Um pouco antes, o superintendente do Sesi-SP, Walter Vicioni Gonçalves, ressaltou a revolução na educação promovida pela indústria paulista. “O foco da atual gestão da Fiesp está no desenvolvimento do ser humano. E isso oferece para nós, educadores, uma nova missão, um papel inovador.”

“Hoje, muito se fala e se escreve sobre educação, mas pouco se faz concretamente, como a Fiesp tem feito. Nós fizemos, nessa gestão, uma revolução, quebramos paradigmas.”

Em seu discurso, o prefeito de Araras, Nelson Dimas Brambilla agradeceu à Fiesp pelo que a indústria tem feito na educação da cidade, lembrando que, em breve, será inaugurado uma unidade do Senai-SP de Araras. “O grande nó para que o Brasil se torne uma nação ainda mais forte está na educação. Se não fizermos transformações profundas na educação, não vamos sair do lugar”, afirmou.

“Quando a gente vê o movimento que a Fiesp faz pela educação, nos anima muito. Parabenizo pelo arrojo pelo empenho”, completou Brambilla.

Rugby e triatlo

Para mostrar um exemplo de formação integral, que inclui alimentação adequada, atividades culturais e prática de esportes, Skaf chamou no palco atletas de rugby do Sesi-SP que participaram de atividades do esporte em Londres e ficaram em segundo lugar no campeonato realizado entre 10 países. Além delas, também foram convidadas para falar os atletas de triatlo de São Carlos.

O técnico do triatlo, Eduardo Braz, agradeceu a oportunidade de poder treinar a modalidade em alto rendimento. “Fico feliz por fazer parte desse contexto educacional. O esporte era visto como algo separado da escola. No Sesi-SP, a gente consegue trabalhar integrado e servir de exemplo para as crianças. Além dos resultados, podemos trabalhar na formação das crianças, fazendo parte dessa fábrica de bons cidadãos.”

Durante a cerimônia, o presidente do Sesi-SP assinou também a parceria com as prefeituras de Araras e Leme para o Programa Atleta do Futuro (PAF). Em Araras, o convênio vai atender 160 crianças e jovens nas modalidades basquete e futebol. No município de Leme, o número é de mil estudantes que vão praticar futebol, futsal, ciclismo, vôlei e rúgby.

“Aproveitamos o conhecimento, o potencial e a experiência do Sesi-SP no esporte e, além da prática de esporte dos nossos alunos, nas nossas escolas, podemos transferir nossa metodologia para os municípios. Hoje, são 241 cidades em que temos o convênio com o PAF, com aproximadamente 100 mil alunos.”

Na mesma cerimônia, Paulo Skaf inaugurou mais uma escola móvel do Senai-SP: a de manutenção de tratores.