imagem google
Início do conteúdo

Com investimento de R$ 110 milhões, Senai-SP terá novo Centro de Petróleo e Gás

Projeto do novo centro de excelência, que atenderá 2.400 alunos por dia, será apresentado, no dia 11, pelo presidente da Fiesp e do Senai-SP, Paulo Skaf

Agência Indusnet Fiesp 

Na próxima sexta-feira (11/04), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) apresentará o projeto da nova escola que será instalada na cidade de Santos.

O evento contará com a participação do presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf, do diretor regional do Senai-SP, Walter Vicioni Gonçalves, além de empresários da Baixada Santista e autoridades locais.

A nova unidade, que  também abrigará o Centro de Tecnologias e Atendimento de Petróleo e Gás,  terá 28,5 mil metros quadrados, mais que o dobro dos atuais 10,7 mil metros quadrados da escola atual.  A previsão de atendimento também será, proporcionalmente, passando dos atuais mil alunos para 2,4 mil alunos atendidos por dia.

Com investimentos estimados em R$110 milhões, a escola e o centro de tecnologia contemplarão tecnologias emergentes, que atenderão as áreas portuária e de petróleo e gás, inclusive um ambiente de ensino específico para operação com robôs subaquáticos.

O complexo educacional também irá suprir outras demandas industriais da região , com serviços de áreas tecnológicas tradicionais como mecânica, elétrica, informática e instrumentação.

Projeto

A nova escola do Senai-SP em Santos será verticalizada e contará com dois prédios de nove pavimentos. Os dois blocos serão interligados por passarelas de vidro e vigas de aço aparente, e um dos vãos entre os prédios terá pé direito de 25 metros para o que permitirá treinamento de movimentação de contêineres.