Com dicas de empreendedores do Vale do Silício, começa 18ª edição do Concurso Acelera Fiesp

Categorias em disputa são indústria 4.0, agrotech, educação, smart cities/gestão pública e geral

Agência Indusnet Fiesp

A 18ª edição do Concurso Acelera Startup começou nesta segunda-feira com palestras sobre inovação, investimento e empreendedorismo. Sylvio Gomide, diretor-titular do Comitê Acelera Fiesp (CAF), abriu o evento. Também falou na manhã do primeiro dia do concurso o vice-presidente da Fiesp e diretor titular de seu Departamento de Tecnologia e Competitividade, José Ricardo Roriz Coelho. “A Fiesp busca ser um vetor de cooperação entre as startups e entre empresas de micro, médio e grande porte”, disse.

A programação inclui o acompanhamento dos pitches (apresentações) dos finalistas à banca de investidores mais seleta do mercado. Para os 300 empreendedores que tiveram projetos ou startups selecionados na primeira fase de avaliação haverá dois dias de um exclusivo processo de aceleração, com palestras, workshops, mentorias e avaliações classificatórias.

Os dez candidatos mais bem avaliados (sendo um operacional e um pré-operacional de cada categoria) chegarão como finalistas do evento, podendo apresentar seu negócio no modelo de elevator pitch (com duração de até três minutos), à banca de investidores. Dois deles serão os grandes vencedores, sendo um operacional e outro pré-operacional, independentemente da categoria. Serão premiados projetos e empresas inovadoras tanto em fase pré-operacional quanto operacional.

Organizado pelo Comitê Acelera Fiesp (CAF), a iniciativa acontece nesta segunda-feira (27 de novembro) e na terça (28 de novembro), na sede da entidade, das 8h às 18h. O Acelera Startup incentiva o empreendedorismo inovador e aproxima projetos e empresas de investidores. Participam projetos ou empresas, tanto pré-operacionais (sem faturamento) quanto operacionais (que já tenham receita), nas categorias indústria 4.0, agrotech, educação, smart cities/gestão pública e geral.

Participantes da 18ª edição do Concurso Acelera Startup receberão online dicas de especialistas em empreendedorismo do Vale do Silício (nos Estados Unidos), Israel, França, Canadá e Portugal. A novidade se estende ao público que não participa do concurso e tem interesse em receber uma mentoria internacional com cases de sucesso. Durante o evento, seis cabines de teleconferência estarão disponíveis para as empresas inscritas na disputa e também para empreendedores que passarem pela Paulista ou que tenham participado apenas da abertura ou do encerramento do evento.

Nas últimas edições do evento, foram recebidas mais de 22.000 inscrições de todo o Brasil. Participaram mais de 300 mentores e cerca de 350 investidores. Somando as edições anteriores (2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017), o evento já gerou investimentos de mais de R$ 20 milhões.

Sylvio Gomide, diretor-titular do Comitê Acelera Fiesp (CAF), durante a abertura do Concurso Acelera Fiesp. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp