imagem google

Ciesp e Antaq assinam termo de cooperação e criam o primeiro de Comitê de Usuários de Portos no Brasil

Acordo tem como objetivo estabelecer projetos de ação conjunta na área portuária, formas de parcerias e um canal aberto de comunicação entre os usuários

Amanda Viana, Agência Indusnet Fiesp

O Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) assinaram nesta quinta-feira (21/5) um termo de cooperação. Entre as ações previstas pelo documento, consta a criação do primeiro Comitê de Usuários de Portos do Brasil.

O presidente da Fiesp e do Ciesp, Paulo Skaf, afirmou que essa parceria deverá ser estendida também à federação, devido a relevância do assunto.

“Precisamos ampliar o trabalho da Antaq, que é tão importante para a competitividade brasileira e também para as empresas”.

Mário Povia, diretor-geral da Antaq, reforçou a importância estratégica para a Agência com o acordo de cooperação, que tem como objetivo estabelecer formas de parcerias e projetos de ação conjunta na área portuária.

“Com esse acordo, pretendemos estabelecer promoção de estudos, compartilhar informações estratégicas sobre o setor, criar um canal de diálogo permanente entre a Agência e os usuários do setor portuário, visando fomentar uma aliança estratégica que reúna ações pendentes ao aumento da eficiência e a redução de custos portuários”, destacou Povia.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1542561347

Acordo com Antaq vai estabelecer projetos de ação conjunta na área portuária. Foto: Ayrton Vignola/Fiesp


O diretor comentou sobre temas prioritários no âmbito da Antaq, como a desburocratização, a redução de custos portuários, investimentos em infraestrutura e previsibilidade de custos. De acordo com ele, existe muita burocracia na área dos portos organizados, e isso inviabiliza as operações de cabotagem, tão necessárias para o desenvolvimento da logística brasileira.

“A questão da redução dos custos portuários não se resolve com regulação econômica e controle de preços, mas sim com a provisão e oferta de infraestrutura. A partir da redução desses custos, poderemos ter mais competitividade”, reforçou Povia.

Diretor do Departamento de Infraestrutura (Deinfra) do Ciesp, Julio Diaz frisou a importância da parceria entre Antaq e Ciesp, principalmente em relação à competitividade. “Estamos cientes de que a busca pela competitividade vem pela desburocratização, redução de custos e eficiência na área portuária, e sabemos o quanto isso atrapalha o desenvolvimento dos nossos negócios internacionais”, afirmou Diaz.

Paulo Skaf reiterou ainda que as entidades, Ciesp e Fiesp, estão à disposição para enfrentar desafios junto à Antaq. “Com esse acordo, reforçamos a ideia de que precisamos transformar o Brasil em um país mais competitivo, aumentando a excelência e a qualidade, com custos competitivos”, avaliou o presidente das entidades.