Caminho para se preparar para o futuro é a educação, afirma Skaf em Taubaté

Presidente da Fiesp e do Sesi-SP inaugura escola e assina convênio do Programa Atleta do Futuro para 10.300 estudantes

Agência Indusnet Fiesp

Taubaté ganhou nesta sexta-feira dois verdadeiros presentes para seus estudantes. O primeiro é a nova escola do Sesi-SP, que funciona dentro do Centro de Atividades Luiz Dumont Vilares. Com investimentos de R$ 35,7 milhões, atende 768 alunos nos ensinos Fundamental e Médio. O segundo é a assinatura do convênio do Programa Sesi-SP Atleta do Futuro (PAF). Maior em número de beneficiados no Estado de São Paulo, vai chegar a 10.300 crianças e adolescentes. O presidente da Fiesp e do Sesi-SP, Paulo Skaf, participou da inauguração da escola e firmou o convênio do PAF. “Só temos um caminho para as pessoas se adaptarem aos novos tempos, é a educação”, afirmou.

O prefeito de Taubaté, Bernardo Ortiz Júnior, na inauguração da escola, elogiou o modelo eficiente de gestão do Sesi-SP e do Senai-SP. Reconhecendo o empenho de Skaf pela educação, disse que ele está forjando diretamente o futuro dos jovens que passarão pela escola.

A parceria para desenvolvimento de diversas modalidades esportivas com a Prefeitura Municipal (10.200 vagas) inclui a capacitação de docentes de escolas municipais de Taubaté, treinamento para a utilização da plataforma de gestão do programa, material didático e a cessão de uniformes aos participantes. O Atleta do Futuro ainda prevê 100 vagas para a prática de rugby, em parceria com a Associação Samauana.

O programa Sesi-SP Atleta do Futuro foi criado para estimular a prática esportiva e a cidadania. Além da prática esportiva, os alunos recebem orientação em temas transversais como saúde, trabalho, consumo consciente, meio ambiente e pluralidade cultural, dentre outros. Os instrutores trabalham para difundir valores como ética, superação, autoestima e socialização, com o intuito de ajudar o aluno a se desenvolver de modo pleno.

Por se tratar de programa de formação esportiva com metodologia própria do Sesi-SP, as aulas esportivas são complementadas por intensa programação nos finais de semana com a participação da família. Todos os profissionais envolvidos passam por capacitações, e os alunos têm acesso a todos os materiais necessários para a prática de diferentes modalidades de esporte.

Nova escola

O prédio vertical tem 17.300 metros quadrados de área construída, com térreo e mais dois pavimentos. A escola tem 18 salas de aula, dois laboratórios de informática, um de química e biologia e laboratório de ciência e tecnologia. Também há biblioteca escolar com acervo atualizado, sala de vivências, teatrais, sala de música, sala multidisciplinar e uma área de convivência. A escola também ganha o novo FabLab Sesi-SP.

A unidade oferece Ensino Fundamental em tempo integral do 1° ao 5º ano, o que permite que os alunos permaneçam nos períodos da manhã e tarde na escola realizando vivências de esporte, arte, cultura e tecnologia, além das refeições diárias compostas de café da manhã, almoço e lanche da tarde.

Paulo Skaf na nova escola do Sesi-SP em Taubaté. Foto: Everton Amaro/Fiesp

As novas escolas que têm sido construídas na região do Vale do Paraíba reforçam o compromisso do Sesi-SP e do Senai-SP, que trabalham fortemente pela qualidade da educação básica e de ensino profissionalizante.

Desde 2007, as entidades investem na modernização de suas escolas, e a região já recebeu investimento de R$ 265,6 milhões, o que inclui a construção de novas escolas.

Em Caçapava, o Sesi-SP está construindo nova escola que tem investimento estimado em R$ 20,6 milhões. A obra está na fase de terraplanagem, e a previsão de entrega do prédio, que terá 8.300 metros quadrados de área construída, é para o primeiro semestre de 2019. Ao término da obra, haverá a etapa de instalação de equipamentos e mobiliários, quando então poderá receber os atuais 384 alunos do Sesi-SP no município.

Já em Pindamonhangaba o Sesi-SP investiu em torno de R$ 34,1 milhões para construir a nova escola, com previsão de término das obras ainda neste semestre. Trata-se de prédio vertical com térreo e mais dois pavimentos para onde deverão ser transferidos os atuais 508 alunos, tão logo esteja pronta para iniciar.

A nova escola de Lorena tem previsão de início das obras para o próximo mês, abril, e término no primeiro semestre de 2019. O investimento previsto para essa unidade é de R$ 16,1 milhões e serão transferidos para o novo prédio 384 alunos.

Em Jacareí está em andamento a construção de nova unidade do Senai-SP, que tem previsão de término para outubro deste ano e tem investimento estimado de R$ 60,6 milhões. No ano passado, o Senai-SP realizou em Jacareí 6.242 matrículas em todas as modalidades de ensino profissionalizante disponíveis.

Além das escolas citadas, recentemente foram inauguradas as unidades do Sesi-SP e do Senai-SP no município de Cruzeiro. As novas escolas são mais um passo para a consolidação do modelo educacional criado pelas instituições mantidas pela indústria de São Paulo.

FabLab Sesi-SP

FabLab, abreviação do termo em inglês fabrication laboratory, é uma plataforma de prototipagem rápida de objetos físicos e está inserida em uma rede mundial de quase oito centenas de laboratórios. Tem como base o conceito da participação colaborativa do aluno e da comunidade local, que trocam informações para a execução de um projeto e contam com o apoio de uma rede internacional.

O objetivo destes laboratórios é ser um ponto de encontro e conexão de ideias, as quais são materializadas através da fabricação digital, eletrônica e programação.  O FabLab Sesi-SP tem equipamentos modernos para que o aluno seja estimulado a aprender fazendo.