Caminhada pela doação de órgãos reúne 1.000 pessoas na frente da Fiesp

Evento foi organizado em parceria com a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos e com o Hospital do Rim

Agência Indusnet Fiesp

Apesar do aumento de 15,7% na doação de órgãos no 1º trimestre de 2017, atingindo 16,2 doadores por milhão de pessoas, a recusa familiar ainda ocorre em 43% das famílias brasileiras. De cada 8 potenciais doadores de órgãos, apenas um é notificado. Ainda assim, o Brasil é o segundo país do mundo em número de transplantes realizados por ano, sendo mais de 90% pelo sistema público de Saúde.

Preocupados com este cenário, o Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia da Fiesp (ComSaude), a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO) e o Hospital do Rim realizaram neste domingo (24 de setembro) a IV Caminhada Doando Vida.

O objetivo da caminhada, que teve concentração na calçada da Fiesp, foi alertar a população sobre a importância da doação de órgãos. O serviço de utilidade pública faz parte do +Saúde, programa de prevenção e educação, uma espécie de balcão de orientação.

Durante 3 horas, voluntários da ABTO e do Hospital do Rim distribuíram material informativo, alertando o público para a importância da doação de órgãos, além de informações de como ser um doador. Cerca de 1.000 pessoas saíram da frente da entidade e caminharam pela Paulista, até a ponta, no sentido Paraíso e no sentido Consolação.

Caminhada reuniu cerca de 1.000 pessoas, com saída e chegada no prédio da Fiesp. Foto: Helcio Nagamine/Fiesp

 

Sobre o +Saúde

A ação é uma iniciativa do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia da Fiesp (ComSaude). Seu objetivo é promover campanhas de educação e conscientização com entidades ligadas ao Comitê, que têm como foco de suas atividades a atenção ao paciente.

O serviço de utilidade pública acontece a cada primeiro domingo do mês na calçada em frente à Fiesp. Durante o ano serão trabalhados diferentes assuntos importantes relacionados à saúde que são pauta contínua de discussão, como o diabetes e a doação de órgãos, por exemplo.

O +Saúde conta com a participação de parceiros que representam instituições sem fins lucrativos, sociedades de profissionais da saúde, entidades setoriais, hospitais, profissionais da saúde e empresas do setor.

“Esta ação demonstra o compromisso da Fiesp com a saúde da população, priorizando a informação e a educação como formas de melhoria da saúde. O objetivo do ComSaude é fazer com que os domingos na Paulista sejam não só um espaço para o lazer, mas também um ambiente de orientação e conscientização do cidadão, que passa a entender que a prevenção é o melhor caminho para uma vida saudável”, explica Ruy Baumer, coordenador-titular do ComSaude.