imagem google
Início do conteúdo

Banco Central joga contra o Brasil ao manter Selic em 6,5%

Decisão interrompe série de cortes iniciada em outubro de 2016

O Banco Central anunciou nesta quarta-feira (16 de maio) a manutenção em 6,5% ao ano da taxa básica de juros da economia brasileira, a Selic.

Em outubro de 2016 a Selic era de 14,25%, e caiu para o valor atual após 12 cortes. Só que no mesmo período foi muito menos expressiva a queda dos juros para empréstimos.

A manutenção da Selic retardará ainda mais a redução do custo do crédito. Corremos o risco de ver morrer a retomada da economia, num momento em que o Brasil tenta sair de sua pior crise. O crescimento ainda é muito frágil – e só vai ganhar força se ficarem em nível razoável os juros para quem quer investir e consumir.

Crédito caro joga contra o país. Chega de engolir o sapo dos juros mais altos do mundo!

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – Fiesp

Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – Ciesp