imagem google

Ainda não há convergência em como fazer ajuste fiscal, afirma Skaf à Rádio Capital

Em entrevista ao Show do Paulo Lopes, presidente da Fiesp também falou sobre o encontro com Eduardo Cunha e Joaquim Levy

Agência Indusnet Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) recebeu o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, e o ministro da Fazenda, Joaquim Levy na segunda-feira. E a principal agenda dos encontros foi como encontrar meios para realizar o ajuste fiscal proposto pelo governo na economia, informou o presidente da federação, Paulo Skaf, em entrevista à Rádio Capital nesta terça-feira (17/3).

“Foi uma agenda muito focada no ajuste fiscal. Não há convergência de como fazer esse ajuste fiscal por enquanto”, afirmou Skaf ao programa Show do Paulo Lopes. Ele também comentou as manifestações ocorridas em todo o país no último final de semana.

Ouça na íntegra declaração do presidente da Fiesp