imagem google
Início do conteúdo

File 2014 propõe volta ao mundo da arte dentro do universo digital

Galeria de Arte do Sesi-SP sedia mais uma vez o Festival de Linguagem Eletrônica (File); a iniciativa soma-se a intensa programação cultural, no entorno da avenida Paulista

Dulce Moraes, Agência Indusnet

No perímetro de menos de um quilômetro, em torno da mais paulista das avenidas, a cidade de São Paulo recebe uma grande concentração de exposições de arte, nos meses de setembro e outubro.

Na altura do número 1500 da avenida Paulista, o Museu de Arte de São Paulo (Masp), exibe, a partir de setembro, duas mostras interessantes: a “Antes vulgar agora fino” do coletivo de artistas Assume Vivid Astro Focus (Avaf) e um mix das 25 obras (de grandes proporções e filmes) do diretor de cinema, Julian Schnabel.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537820328

Programação obrigatória para quem ama arte, nas imediações da avenida Paulista: Masp, exposição no antigo Hospital São Paulo e Festival de Linguagem Eletrônica (FILE) no Centro Cultural Ilustração/Google Maps

A poucos metros dali, no prédio do antigo Hospital Matarazzo, na alameda Rio Claro, fica em cartaz, até 12 de outubro, uma exposição inusitada com obras de mais de 90 artistas contemporâneos brasileiros e estrangeiros.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537820328

Galeria de Arte Digital do Sesi-SP

Mas, é em um dos prédios ícones da cidade de São Paulo — o edifício-sede da Fiesp, na avenida Paulista, 1313 — que acontece a maior concentração de arte contemporânea digital e de novos formatos.

Do lado de fora do prédio, a Galeria Digital do Sesi-SP, instalada na faixada do edifício, exibe, até o dia 28 de setembro, dez obras da mostra “Segundo Olhar”. A exposição ao ar livre é aberta a quem passar pela avenida, no horário das 20h às 6h.

Dentro da Galeria de Arte do Sesi-SP, no Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso, também na avenida Paulista 1313, o público poderá ver, até o dia 5 de outubro, uma intensa programação dedicada à arte digital: o Festival de Linguagem Eletrônica (File) 2014.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537820328

Pluralidade criativa e interatividade no Festival de Linguagem Eletrônica (FILE 2014)


Por meio da ampla variedade de obras, o público realiza uma verdadeira “viagem ao mundo”, dentro do universo digital. E o mais interessante é que, no File, o expectador não apenas vê, mas interage com a maior parte das obras.

São 20 instalações de artistas de vários países; 3 performances interativas; 213 animações; 24 jogos para várias plataformas; 14 maquinemas; 85 videoartes, 45 obras entre net e sound art, além de uma seleção de 8 obras de artistas japoneses, em parceria com o Japan Media Arts Festival.

Todos os sentidos

Imagem relacionada a matéria - Id: 1537820328

“Falling Records” (Toki Ori Ori Nasu), do artista e músico japonês Ei Wada

Direto da França, a instalação sensitiva “Passage” (so Bonjour Interactive Lab, dos artistas Jean Philippe Jacquot, Alexandre Rivaux e Gustave Bernier)  decodifica a impressão visual e sonora daqueles que se aproximam. Metaforicamente, a sala é uma representação dos dados que deixamos para trás, a despeito de nós mesmos, em cada uma de nossas visitas à web.

Há ainda instalações da Holanda, Turquia, Rússia, Bélgica, Brasil, Coreia do Sul, Alemanha, China, Polônia, Hong Kong, Estados Unidos e Japão.

A instalação sonora “Falling Records” (Toki Ori Ori Nasu), do artista e músico japonês Ei Wada, é  outra que mexe com os sentidos do público. A instalação é formado por tape decks de rolo que são colocados em cima de altos pedestais e, conforme tocam, a fita magnética se desenrola para dentro de um recipiente plástico abaixo. A fita que se acumula no contêiner se amontoa conforme o tempo passa, formando um padrão incomum nesse espaço. Quando a fita para de se acumular, ela é rebobinada em alta velocidade sob uma trilha sonora sinfônica.

O Festival de Linguagem Eletrônica – FILE 2014 fica em cartaz na Galeria de Arte do Sesi-SP, de 26 de agosto a 5 de outubro de 2014 (diariamente das 10h às 20h)

Para conferir a programação completa, acesse o site do FILE