Programa de Inovação Tecnológica Fiesp Ciesp Senai


Capacitar as Pequenas e Médias Indústrias instaladas em seis regiões paulistas (Grande ABC, Guarulhos, Piracicaba, Sorocaba, Osasco e Campinas) na cultura da inovação é um dos principais objetivos do Programa de Inovação Tecnológica da Fiesp, Ciesp e Senai-SP.

Com essa iniciativa, as entidades pretendem auxiliar cerca de 240 indústrias  instaladas nessas localidadesna elaboração e no suporte à implantação de Planos de Gestão da Inovação e Projetos qualificáveis, a serem submetidos aos órgãos de fomento e/ou financiamento no desenvolvimento de inovações.

Executado conjuntamente pelas três entidades Fiesp, Ciesp e Senai-SP, o projeto pretende também criar uma estrutura permanente de apoio às empresas para elaboração e submissão de propostas de projetos de Inovação tecnológica.

Imagem relacionada a matéria - Id: 1544482173

O projeto vai além de ampliar o conhecimento sobre inovação, mas incorporá-lo na gestão como estratégia das empresas participantes, qualificando os recursos humanos nessa cultura  para o desenvolvimento de produtos e processos inovadores, com consequente aumento da participação da indústria paulista no mercado de atuação e nas exportações do setor.

Esta iniciativa tem como visão de futuro a melhoria do ambiente de negócios e das condições de competitividade da indústria paulista, a melhoria de gestão empresarial, o fortalecimento e a viabilização da expansão das cadeias produtivas dos setores.

OBJETIVOS DO PROGRAMA:

  • Criar o Núcleo de Inovação Tecnológica no Estado;
  • Criar uma rede permanente de pessoas e entidades capacitadas a apoiar empresários na elaboração e submissão de propostas de projetos visando obtenção de recursos financeiros de Gestores de fomento e financiamento oficiais, para desenvolvimento e implantação de inovações;
  • Capacitar multiplicadores (empresários, parceiros e governança) para a rede de apoio à gestão da inovação do Núcleo de Inovação;
  • Difundir o conceito e a importância da gestão e da inovação para as empresas do Estado;
  • Difundir programas governamentais de incentivo ao desenvolvimento sustentável, por meio da inovação tecnológica. Sensibilizar as MPEs para a importância do uso de ferramentas de gestão e de linhas de fomento para investimento em inovação tecnológica;
  • Capacitar, através de exercícios práticos, empresários e gestores de inovação na elaboração de planos de gestão da inovação e de propostas para captação de recursos para o desenvolvimento de Inovações Tecnológicas;
  • Criar uma rede de conhecimento entre as empresas e as principais instituições de pesquisa e desenvolvimento para dar continuidade nas ações ao final do projeto;
  • Proporcionar às empresas a criação de condições: conhecimento, documentos, estrutura e gestão para a prática da inovação;
  • Estreitar a relação universidade – empresa;
  • Práticas para o desenvolvimento de produtos e serviços que agreguem soluções inovadoras.