INICIATIVAS SUSTENTÁVEIS: UNILEVER – SAÚDE HOLÍSTICA

Grande indústria investe em benefícios que vão desde flexibilidade de horário até práticas antiestresse para saúde mental e física dos colaboradores.

Por Karen Pegorari Silveira

Segundo o diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, a globalização e as mudanças tecnológicas têm transformado padrões de trabalho e de emprego, muitas vezes contribuindo para intensificar o estresse relacionado ao trabalho. Para ele, o estresse dos trabalhadores tem consequências nas empresas, na forma de redução do desempenho geral, aumento das faltas e da rotatividade de pessoal, além de dificuldades nas relações de trabalho.

O recente estudo “Estresse no ambiente de trabalho: um desafio coletivo”, indicou que mais de 40 milhões de pessoas são afetadas por estresse relacionado ao trabalho na União Europeia, e que o custo estimado da depressão relacionada ao trabalho é de 617 bilhões de euros por ano.

Com estes dados alarmantes muitas empresas têm investido na prevenção, como é o caso da Unilever, com mais de 12 mil empregados no Brasil. A empresa criou políticas de gestão de saúde e iniciativas que proporcionam bem-estar e qualidade de vida aos funcionários. Neste programa, quatro frentes são trabalhadas: saúde mental, física, emocional e de propósito – que estão organizadas em um único chapéu: a plataforma WELLBEING. Essa plataforma tem uma abordagem holística, ou seja, que considera o ser humano como um todo e em todos os aspectos importantes de sua vida. A Flexibilidade tem papel importante dentro deste conceito, pois respeita as individualidades e as diferentes interpretações para o conceito de “bem-estar”.

Dentre as ações que a empresa proporciona para alcançar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional estão a possibilidade de home office e horário flexível de entrada e saída. Para pais e mães há o berçário e licenças maternidade e parental estendidas. Para mães a licença é de 6 meses e para pais a licença de 40 dias pode ser tirada também de maneira flexível (antes, durante ou depois da licença da mãe).  Há ainda uma plataforma digital com dicas e orientações sobre o tema.

Para melhorar a saúde física a empresa oferece um plano de academia com mais de onze mil estabelecimentos conveniados em mais de 900 cidades do país e também no exterior. Ao aderir ao plano, o funcionário tem direito a um acesso por dia, sete dias por semana, em qualquer academia conveniada ao Gym Pass. Atualmente, 42% dos colaboradores estão inscritos no programa que também é estendido a seus dependentes.

O programa Crescer é outra iniciativa oferecida para apoio psicológico, financeiro, jurídico e social através de parceria. Por meio de um número de telefone os colaboradores e seus dependentes contam com atendimento especializado nessas áreas todos os dias. O serviço é gratuito e sigiloso e os casos mais complexos são encaminhados para atendimento presencial.

O Bio Feedback é um outro benefício que auxilia os colaboradores a gerenciar transtornos de ansiedade e estresse. O tratamento consiste em um processo de psicoeducação e visa ensinar a identificar os gatilhos que geram estresse e ansiedade assim como técnicas para combatê-los. “Entendemos que a saúde mental é tão importante quanto a física e, por isso, a Unilever foi pioneira em oferecer sólidos programas de apoio nos dois sentidos. Foi uma mudança de paradigma que teve início ainda nos anos 90 e já podemos observar os resultados positivos”, diz a médica Elaine Molina, que também é diretora de Saúde e Medicina Ocupacional da Unilever no Brasil. “Ainda temos programa para gestão de doenças crônicas, que ajuda nossos funcionários atingidos por este tipo de enfermidade”, complementa ela.

“Em um mundo tão veloz, em que tudo muda o tempo todo, cuidar de nosso bem-estar é sem dúvida o principal meio de prosperar como indivíduo e como organização. Por isso a Unilever investe em uma plataforma abrangente e com programas caracterizados por flexibilidade, para que nossos funcionários possam sentir-se bem e estejam prontos para enfrentar os desafios diários”, afirma Carolina Mazziero, Diretora de Recursos Humanos da Unilever no Brasil.

Sobre a Unilever
Presente em mais de 190 países e dona das marcas Omo, Seda e Dove, entre outras, a empresa tem 15 fábricas que empregam cerca de 12 mil funcionários, além do escritório em São Paulo.