Iniciativas Sustentáveis: Papirus – Matéria prima reciclada

Sustentabilidade em todas as etapas da produção garante o crescimento de fabricante de papelcartão do interior paulista

Por Karen Pegorari Silveira

O processo de produção de um papelcartão começa bem antes da chegada da matéria-prima à fábrica. São muitas pessoas envolvidas no fornecimento de materiais, desde a floresta – que gera celulose (fibra virgem) – até as cooperativas de catadores, que retiram os papéis do meio ambiente, ajudando a tornar o Brasil um dos maiores recicladores de papéis do mundo, com a recuperação de cerca de 60% do que é consumido.

Com produção estimada em quase 94 mil toneladas líquidas por ano, a Papirus é uma das empresas que ajudam a colocar o Brasil neste patamar; pioneira no uso de matéria-prima reciclada na produção de papelcartão, há 65 anos, a empresa produz a partir de aparas de papéis selecionados e matéria-prima virgem de origens certificadas e controladas,

Em um importante projeto social, a companhia trabalha com catadores de lixo de 21 cooperativas para fornecerem as aparas que vão para o processo produtivo do papelcartão, gerando benefícios para todas as partes. Um trabalho sem assistencialismos, com foco na Sustentabilidade, segundo informações publicadas em seu site.

Hoje, segundo declara Antonio Pupim, diretor industrial, 30% da matéria-prima que a empresa utiliza é de origem reciclável. Os outros 70% têm origem de materiais certificados.

Para tornar a sua cadeia produtiva mais eficiente, a Papirus também investiu recentemente mais de 27 milhões em novos equipamentos, caldeira, linha de transmissão, rebobinadeira e reforma estrutural do prédio. Os novos equipamentos reduzem gastos com manutenção e possibilitam custos operacionais mais baixos. As máquinas substituídas também permitem um baixo consumo de energia e maior eficiência.

A companhia pretende ainda fazer novos investimentos para aumentar a produção na fábrica de Limeira, interior do estado de São Paulo, e vem implantando uma modernização na administração da empresa, a liderança compartilhada – que consiste em descentralizar as principais decisões do dia a dia, antes tomadas somente pelo presidente da empresa, para três diretorias: a Comercial, de Recursos Humanos e Financeira.

Sobre a Papirus

Atualmente a Papirus conta com 372 colaboradores e cerca de 24 terceiros e uma produção de mais de 93 mil toneladas líquidas por ano de papelcartão, que comercializa no Brasil e exporta para países da Europa, Ásia, América do Norte, África e especialmente América Latina.