Prêmio Nobel da Paz, Muhammad Yunus, o banqueiro dos pobres, participa da reunião ordinária do CJE da Fiesp

O Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) realiza nesta quarta-feira (29/05), reunião ordinária com Muhammad Yunus, ganhador do Prêmio Nobel da Paz em 2006, por sua luta contra a pobreza em Bangladesh. É autor do livro Banker to the poor (O banqueiro dos pobres). Está é a primeira vez que Yunus vem na FIESP para falar de negócios sociais para empresários do setor.

Durante a apresentação, Yunus vai contar sobre as experiências de vida. Uma das suas lutas é acabar com a pobreza por meio do banco que fundou, do qual é presidente e o governo de Bangladesh é o principal acionista, o Grameen Bank, que oferece ativamente microcrédito para milhões de famílias.

Formou-se em Economia em Bangladesh, doutorou-se nos Estados Unidos e foi professor na Universidade de Dhaka. Em 1976, constatou as dificuldades de pessoas carentes em obter empréstimos na aldeia de Jobra, num Bangladesh empobrecido e recém-separado do Paquistão. Por não poderem dar garantias, os bancos recusavam-lhes as pequenas quantias que permitiriam comprar materiais para trabalhar e vender, e os usurários taxavam os empréstimos com juros altos. Por conta disso, Yunus começou a emprestar sem garantias nem papéis, sendo, sobretudo, procurado por mulheres: elas são 97% dos 6,6 milhões de beneficiários. A taxa de recuperação é de 98,85%.



Atenção Imprensa
A reunião será aberta com tradução simultânea e a imprensa poderá participar.




SERVIÇO
Reunião Ordinária do CJE com o Muhammad Yunus
Data: 29/05 (quarta-feira)
Horário: das 9h às 11h
Local: Espaço Nobre (15º andar), Avenida Paulista, 1313




Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - FIESP
Assessoria de Jornalismo Institucional
Tels. (11) 3549.4203 e 3549.4602