Índice de Competitividade da FIESP 2012 vai mostrar alto desempenho de países concorrentes do Brasil

Entre 2000 e 2011, Coréia do Sul e China ganharam várias posições no ranking


O Índice de Competitividade das Nações (IC-Fiesp) será apresentado à imprensa na segunda-feira, dia 26 de novembro, às 11h – na sede da entidade. O ranking procura identificar as principais restrições ao aumento da competitividade brasileira e busca experiências internacionais de sucesso que possam servir de exemplo ao Brasil. O trabalho inclui uma estratégia que visa garantir o crescimento sustentável de longo prazo e o avanço da competitividade brasileira.

O índice apresenta um ranking com 43 países, que representam mais de 90% do PIB mundial. A base de dados é uma série histórica de dez anos e conta com mais de 50 mil informações agrupadas em oito fatores que relacionam indicadores sistêmicos e estruturais.

O relatório busca enfatizar alguns dos principais obstáculos ao aumento da competitividade do país, tais como o efeito do câmbio sobre as exportações, além dos efeitos da carga, dos juros, do custo-Brasil e da formação de mão de obra qualificada sobre o desempenho da economia. Neste ano, o relatório também traça alternativas para o Brasil atingir taxas de crescimento mais ambiciosas.

 

Jornalistas interessados em participar da coletiva de imprensa, enviar pedido de credenciamento até amanhã, sexta-feira (23), às 17h para amanda.santos@fiesp.org.br

Serviço:
Coletiva de Imprensa: Índice de Competitividade (IC-Fiesp)
Data: 26/11/2012
Horário: 11h
Local: sede da Fiesp (Av: Paulista, 1313)



Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - FIESP
Assessoria de Imprensa
Tels. (11) 3549.4602 e 3549.4643