Fiesp/Ciesp: bancos também precisam baixar os juros

NOTA OFICIAL
FIESP


Após decisão do Copom de reduzir a taxa Selic, Paulo Skaf cobra redução do spread bancário


 Após a redução de 0,75p.p. na taxa Selic para 9%a.a., anunciada pelo Copom na noite desta quarta-feira (18), o presidente da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp/Ciesp), Paulo Skaf, declarou que a queda nos juros precisa chegar também aos tomadores finais. Skaf lembrou que os ganhos de eficiência e escala, conquistados pelos bancos com o crescimento do mercado de crédito, não se refletiram na oferta de financiamentos mais baratos.

Em janeiro de 2004, o crédito total da economia era equivalente a 24,3% do PIB e atualmente esse nível está em 48,8%. Além disso, destacou, a redução do Risco Brasil também oferece margem para a queda dos juros. “O Banco Central vem baixando os juros há seis meses. Nesse contexto, os bancos devem baixar a taxa de juros para as pessoas físicas e jurídicas. É preciso estimular o crédito para sustentar o crescimento econômico e a geração de empregos no Brasil”, afirmou Skaf.

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - FIESP

Assessoria de Imprensa
Tels. (11) 3549.4602 e 3549.4643