Fiesp defende, durante revisão tarifária da Sabesp, que valores indevidos não sejam repassados aos consumidores

13 das 22 contribuições da entidade foram aceitas pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp)


A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) vai apresentar, na próxima terça-feira (8), as suas contribuições feitas no processo da revisão tarifária da Sabesp, durante o seu 3º Encontro de Saneamento Básico – “Recuperar o Tempo Perdido”, no teatro Sesi da entidade.

Das 22 contribuições propostas pela Fiesp, 13 delas foram aceitas pela Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp), dentre elas a disponibilização do plano de negócios e do laudo da base de ativos da Sabesp, especificação das metas físicas do programa de investimento e repasse integral da redução da tarifa de energia aos consumidores.

A Sabesp pedia um aumento da ordem de 13%, no entanto, em abril deste ano a Arsesp concedeu reajuste provisório de apenas 2,35%, correspondente aos investimentos do plano de negócios, custos de operação e manutenção e base de ativos preliminar. Em decorrência da falta de quórum no quadro de diretores e inconsistências encontradas pela agência na elaboração da base de remuneração, o resultado final do processo de revisão tarifária deverá ser concluído apenas em 2014.

“A Fiesp trabalhou em cada critério durante o processo de revisão e defende que nenhum valor seja indevidamente repassado aos consumidores. Se tivermos que intervir na decisão final da tarifa, faremos isso”, afirma Carlos Cavalcanti, diretor de infraestrutura da entidade.

 

SERVIÇO
3º Encontro de Saneamento Básico
Data: 8 DE OUTUBRO - das 8h30 às 18h
Local: Teatro SESI - Avenida Paulista, 1313 - Cerqueira Cesar - São Paulo

 


Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - FIESP
Assessoria de Jornalismo Institucional
Tels. (11) 3549.4731 e 3549.4590