Encontro de Logística e Transporte discute falta de investimentos de infraestrutura na América do Sul

Oitava edição do evento, promovido pela Fiesp, ressalta a importância da realização de 80 obras na região até 2022, totalizando 21 bilhões de dólares em investimentos


A integração dos países da América do Sul na implantação de projetos em infraestrutura resultará na total relação física de 400 milhões de pessoas que vivem neste continente. No entanto, é fundamental que os investimentos apontados em 31 projetos sejam efetivados em todos os modais. Serão mais de 80 obras na região até 2022, totalizando 21 bilhões de dólares. Esse será o tema do painel “Projetos de Integração de Infraestrutura na América do Sul”, do 8º Encontro e Logística e Transporte, promovido pela Fiesp, nos dias 6 e 7 de maio, no Hotel Unique.

Os investimentos em infraestrutura no Brasil, por meio de Parceria Público-Privada (PPP), também será tema de discussão em outro painel. A iniciativa foi criada com o Programa de Investimentos em Logística anunciado pelo governo federal.

Para Carlos Cavalcanti, diretor do Departamento de Infraestrutura da Fiesp, ambos assuntos são fundamentais para o Brasil se tornar mais competitivo: "A infraestrutura é um preço fundamental para o produto industrial e para a relação de serviços. O impacto é imediato no custo e na competitividade. É hora de investir e ampliar os modais logísticos”.

 

SERVIÇO
8ºEncontro de Logística e Transporte
Data: 6 E 7 DE MAIO - das 8h30 às 18h
Local: Centro de Convenções do Hotel Unique - Av: Brigadeiro Luis Antonio, 4700 – Jd Paulista – São Paulo

 

 


Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - FIESP
Assessoria de Imprensa
Tels. (11) 3549.4731 e 3549.4602