O CJE em cada tema


O Comitê de Jovens Empreendedores (CJE) possui subgrupos de trabalho que atuam em diversas áreas. Estes grupos estão divididos em nove comitês especializados em várias áreas temáticas.


AMBIENTAL

CJE Ambiental tem como finalidade a interação do jovem empreendedor nas questões ambientais relacionadas ao setor produtivo.  No âmbito externo, suas ações são destinadas a conduzir os interesses industriais junto a instituições públicas e privadas. No âmbito interno, atua como coordenação da Câmara Ambiental da Indústria Paulista, interage com o Conselho Superior de Meio Ambiente – Cosema-Fiesp e demais departamentos e comitês de cadeia produtiva da Fiesp, pautadas nas áreas de Gestão Ambiental; Licenciamento ambiental; Prevenção e controle da poluição; Recursos Hídricos; e Resíduos Sólidos.


RELAÇÕES INTERNACIONAIS

Comitê de Relações Internacionais (CRI) visa à interação do jovem empreendedor nas questões de relacionamento internacional e comércio exterior do setor produtivo. Divide-se em seis áreas: Relações Internacionais, Defesa Comercial, Eurocentro, Recepção de Missões Internacionais, Promoção Comercial e Operações de Comércio Exterior. Atua também com a Comissão de Assuntos Internacionais, composta por vinte membros atuantes e estudiosos da área. O CRI, dos jovens empreendedores, ganhou notoriedade na Fiesp a partir do seu primeiro projeto em parceria com o departamento titular, de mapeamento dos diversos segmentos da indústria junto aos sindicatos.


ECONOMIA

O Comitê de Economia de Jovens Empreendedores (Ceje) tem como objetivo a interação do empreendedor nas questões relacionadas à Economia, em especial aos seus efeitos sobre a cadeia produtiva.Divulga indicadores econômicos referentes à indústria e estatísticas setoriais.Desenvolve estudos técnicos e promove discussões sobre temas específicos e seminários sobre economia focados na Indústria.


COMPETITIVIDADE E TECNOLOGIA

Comitê de Competitividade e Tecnologia (Comtec) tem como finalidade a interação do jovem empreendedor nas questões relacionadas à evolução tecnológica e competitividade. Discute barreiras e soluções para o aumento da competitividade da cadeia industrial brasileira.Para o mercado global, seu desafio é estudar o modelo de competitividade comum e disponibilizar ferramentas para nela inserir a indústria nacional.


RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL

Comitê Muda Mundo (Comm)tem como finalidade a interação do jovem empreendedor na divulgação do conceito da responsabilidade social empresarial como ferramenta de gestão.Suas atividades contribuem para que a indústria alie competitividade, inserção nos mercados nacional e internacional, crescimento e lucro à construção do bem comum e ao desenvolvimento social e ambiental sustentáveis.Apresenta a Responsabilidade Social como ferramenta essencial de gestão e incentiva sua prática e manutenção.


JURÍDICO

Comitê de Assuntos Jurídicos do Jovem Empreendedor (Cajje) está estruturado para desenvolver trabalhos com o objetivo de auxiliar e informar os empreendedores acerca de todas as implicações decorrentes de alterações legislativas e jurisprudenciais.


APOIO NACIONAL AO JOVEM EMPREENDEDOR

Apoio Nacional ao Jovem Empreendedor (Anje) é um projeto que tem o objetivo de promover o empreendedorismo universitário de alto impacto no país, por meio de ações que abrangem desde o apoio coletivo até o auxílio individual do empreendedor e seu projeto.Linhas de Ação:. Promover a cultura empreendedora nas instituições de ensino;
. Selecionar, inspirar, capacitar, orientar e acompanhar;
. Universitários empreendedores;
. Articular ações com entidades governamentais a fim de reduzir as Barreiras às atividades empreendedoras.


AGRONEGÓCIO

O CJE Agro tem como missão promover a valorização do meio rural, através de iniciativas inovadoras, criando pontes entre o campo e a cidade, trazendo sinergias entre os jovens estudantes, empreendedores e produtores rurais paulistas.Como parte do CJE, este comitê visa despertar e desenvolver o Empreendedorismo Rural no jovem do campo e também no urbano, comunicando ao jovem e a sociedade urbana, a importância e a necessidade de discussões, debates e ações bem como da promoção do empreendedorismo e da inovação nos agronegócios.Com isso gerar uma forma nova de visualizar e criar oportunidades no meio rural, promovendo, incentivando eventos relativos à temática do empreendedorismo rural, tecendo ações conjuntas e colaborativas com entidades ligadas ao binômio “jovem + agronegócio”.Nossos valores: “Ser a juventude empreendedora rural mais presente, atuante e inovadora do agronegócio paulista.”

. Empreendedorismo
. Visão Sistêmica
. Sustentabilidade
. Aprendizado
. Sinergia
. Inovação
. Desenvolvimento