APL São José dos Campos (aeroespacial)

Os setores aeronáutico e espacial brasileiro são bastante diversificados no País, desenvolvendo e produzindo aviões comerciais, militares, leves e de médio porte, helicópteros, planadores, foguetes de sondagem e de lançamento de satélites, satélites, equipamentos e sistemas de defesa, mísseis, radares, sistemas de controle de trafego aéreo e proteção ao vôo. Ainda, fornece reparos e manutenção em aviões e motores aeronáuticos. O setor apresenta um faturamento anual de cerca de US$ 4,5 bilhões e exporta em torno de US$ 3,7 bilhões, empregando cerca de 26 mil funcionários.

As instituições de pesquisas do setor – como ITA, CTA, INPE e AIAB, estão basicamente concentrados na região de São José dos Campos, em São Paulo, onde também está centralizada a produção brasileira de aeronaves, através da Embraer. Nesta região está também localizado o consórcio HTA (High Technology Aeronautics), formado por empresas que atuam em conjunto, fornecendo componentes para o setor nacional e internacional.

É nesta região que se localiza o Arranjo Produtivo Local – APL Aeroespacial, uma cooperação entre mais de 200 grandes, médias e pequenas empresas do setor aeronáutico e espacial cujo objetivo é estabelecer parcerias e promover desenvolvimento e integração econômica e social entre as empresas. O APL conta ainda com o apoio do CIESP de São José dos Campos, oferecendo diversos cursos de capacitação, e da Prefeitura de São José dos Campos, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia.

Centro para a Competitividade e Inovação do Cone Leste Paulista – CECOMPI coordena ações cooperadas entre empresas do setor, universidades, instituições de pesquisa, organizações de fomento e poder público ligados ao setor aeronáutico e espacial e promove o adensamento da cadeia produtiva aeroespacial e a competitividade e eficiência do Arranjo Produtivo Local – APL através de diversas ações, tais como:

– Programa de apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias
– Gestão Integrada do Arranjo Produtivo Aeroespacial
– Apoio a fusões empresariais e criação de joint-ventures
– Apoio a missões comerciais
– Escritório de Projetos

  • A FIESP apoia o desenvolvimento do setor aeroespacial e participa do mesmo através de dois projetos em andamento inseridos no APL de São José dos Campos:Procompi – Convênio do Decomtec com a CNI e Sebrae NA para execução do Programa de apoio à competitividade das micro e pequenas indústrias – Procompi, que irá capacitar e qualificar em 2007 e 2008 cerca de 15 indústrias fornecedoras do APL aeroespacial de São José dos Campos. O Programa, que conta com a coodenação da Fiesp e apoio do Instituto Paulista de Excelência e Gestão – Ipeg, é baseado nos critérios de excelência em Gestão do PPQG – Prêmio Paulista de Qualidade em Gestão e visa adequar o modelo de gestão das empresas para sua inserção competitiva no mercado nacional e internacional.
  • PDP – Convênio assinado pelo Decomtec com o Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior – MDIC visa mapear as demandas, oportunidades e gargalos dos setores aeronáutico e espacial do APL, através da presença de agente local em São José dos Campos e entrega em dezembro de 2007 do Plano de Desenvolvimento Preliminar – PDP ao Ministério. O PDP será utilizado pelo MDIC como base no desenvolvimento de Políticas Industriais Nacionais para o setor e em especial para o APL Aeroespacial de São José dos Campos.