Água – Cuide desse bem. Evite desperdício.

Os motivos

Os baixos níveis a que chegaram, nos primeiros meses do ano de 2014, os reservatórios de água que abastecem o estado de São Paulo, foram motivo de preocupação das entidades das indústrias.

A situação alarmante veio sendo monitorada pela Fiesp e discutida em várias reuniões e eventos promovidos pela entidade.

No dia 4 de abril, o então presidente da Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Paulo Skaf, publicou o artigo intitulado “São Pedro é inocente”,  no jornal Folha de S. Paulo, avaliando as possíveis causas e reflexos do momento de insegurança hídrica vivida no estado nos últimos meses.

No dia 24 de abril, em reunião de diretoria do Ciesp, o diretor de Meio Ambiente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp), Eduardo San Martin, analisou a situação de escassez de água nos reservatórios do Sistema Cantareira e seus impactos para o abastecimento público e das empresas. Dessa análise surgiu o o comunicado das entidades sobre a escassez de água no estado.

 

A Campanha

Com objetivo de alertar e orientar as indústrias e a população em geral sobre a mais grave crise de abastecimento de água vivida por São Paulo, as entidades da indústria – Federação e Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp), Serviço Social da Indústria (Sesi-SP), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-SP) e Instituto Roberto Simonsen (IRS) – promoveram a campanha “Água – Cuide desse bem. Evite desperdício. “ .

A iniciativa foi composta por veiculação e distribuição de materiais informativos dando dicas práticas de como cada um, seja indústria ou consumidor final, pode contribuir na economia e preservação da água para garantir o abastecimento nos próximos meses.

 

PARA ACESSAR O MATERIAL INFORMATIVO DA CAMPANHA, CLIQUE AQUI