Câmara Ambiental de Mineração da Cetesb


O que é a Câmara Ambiental:  

A  Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) criou a Câmara Ambiental da Mineração cujo objetivo é:

“Construir uma agenda de análises e debates entre representantes do setor minerário e do sistema estadual de Meio Ambiente, como o intuito de aprimorar as técnicas de mineração com o foco na sustentabilidade ambiental, bem como aprimorar os mecanismos governamentais de controle dessa atividade”.

Entre os membros efetivos e suplentes da Câmara, estão os representantes do Comin e de suas entidades integrantes, como:

– Associação Nacional das Entidades de Produtores de Agregados para Construção Civil (Anepac)
– Associação Paulista das Cerâmicas de Revestimento (Aspacer)
– Associação dos Mineradores de Areia do Vale do Ribeira e Baixada Santista (Amavales)
– Sindicato das Indústrias de Extração de Areia do Estado de São Paulo (Sindareia)
– Associação das Empresas das Indústrias de Olaria e Cerâmica Estrutural e de Mineração de Argila do Estado de São Paulo (Assocemasp)
– Associação Nacional dos Fabricantes de Cerâmica para Revestimento (Anfacer)
– Sindicato da Indústria de Mineração de Pedra Britada do Estado de São Paulo (Sindipedras)


Grupos de Trabalhos da Câmara: 

Em março de 2013, a Cetesb instituiu 4 grupos de trabalhos:

GT 1 – Discussão da Resolução SMA 51/06 e SMA 130/10

GT 2 – Revisão do Procedimento Cetesb D7.010 (1990)

GT 3 – Revisão das Normas Técnicas – Desmonte Hidráulico e Desmonte por Escavação

GT 4 – Estabelecimento de Norma de Desmonte por Explosivo


Para saber o tema de cada grupo, bem como o nome de seus integrantes, acesse aqui a Resolução 18/2013 Cetesb.