Eso Industry Day

PROGRAMA PRELIMINAR*

14h00     Abertura
Representante da CNI/FIESP (a confirmar)
Representante do ESO

14h20     Introdução ao ESO
Laura Comendador Frutos – Chefe de Assuntos Jurídicos e internacionais do ESO

14h40     Ciência no ESO
Claudio Melo – Chefe do Escritório de Ciência do ESO no Chile

15h00     Estrutura e Condução do ESO: Serviços e Necessidades Técnicas
Gerald Hechenblaikner – Vice-Diretor de Engenharia do ESO

15h30     Fomentando projetos de P&D no Brasil: Como fazer
Representante do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil

16h00     Coffee-Break

16h15      Projeto e Oportunidades do Programa E-ELT (Extremely Large Telescope) do ESO
Roberto Tamai – Gerente do Programa E-ELT

16h45     Oportunidades para a Indústria e Processos de Compras
Arnout Tromp – Chefe de Compras e Contratos do ESO

18h00    Encontros individuais por empresas/matchmaking

18h00–20h00 Coquetel

 *Sujeita a alterações

 

 

SOBRE O ESO

A Organização Europeia para Astronomia no Hemisfério Sul – ESO (em inglês, European Southern Observatory) é uma organização intergovernamental para pesquisa astronômica apoiada por 14 países: Austrália, Alemanha, Bélgica, Espanha, Dinamarca, Finlândia, França, Itália, Holanda, Portugal, Reino Unido, República Tcheca, Suécia e Suíça. Trata-se do maior consórcio internacional de observatórios astronômicos.

A organização mantém observatórios no Chile e construirá um telescópio de grandes proporções no Observatório de Paranal: E-ELT (Extremely Large Telescope), orçado em 1 bilhão de euros. Os observatórios do ESO são considerados os mais avançados tecnologicamente do mundo.

 

Participação Brasileira no ESO

O Brasil, em 2010, foi convidado pelo ESO, a ser o primeiro membro não-europeu. A membresia brasileira, após um processo de análise pelas Comissões do Congresso Brasileiro, foi promulgado pelo Senado, em maio deste ano.

Os setores industriais potenciais beneficiários incluem os produtores de detectores e dispositivos de segurança, os desenvolvedores de software e os prestadores de serviços de engenharia e geração de energia. O ESO prevê que possa haver parcerias entre empresas brasileiras e europeias na construção do E-ELT.

 

Localização

Av Paulista, 1313